O felino selvagem desse mês é o estonteante Leopardo-nebuloso!

Harry é o perfeito exemplo da pelagem incrível que deu o nome a esses felinos

Os leopardos-nebulosos são divididos em duas sub-especies bastante similares em aparência e comportamento (Neofelis nebulosa e Neofelis diardi, que são um pouco menores e têm a pelagem mais escura) e vivem predominantemente nas florestas da Ásia Oriental (Sumatra, Bornéu, Malásia, Nepal e sul da China). Apesar do nome, esses felinos não são leopardos! Assim como os leopardos-das-neves, os leopardos-nebulosos são da mesma família que leões, tigres e onças.


Os caninos enormes da bela Mandalay
A característica principal desse felino é a pelagem marmorizada ou enevoada (daí o nome), que é a camuflagem perfeita no ambiente de floresta densa que vivem. São considerados de porte médio, um macho adulto pesa cerca de 23kg, fêmeas em média 16kg. A cauda é bem longa, quase a metade do comprimento total do animal (1,20 a 1,80m). Em cativeiro a expectativa de vida é de 17 anos.

Os leopardos-nebulosos são perfeitamente adaptados à floresta, chegam a parecer um esquilo gigante subindo e descendo das árvores, tamanha a agilidade! As pernas são curtas e musculosas, a cauda longa ajuda a manter o equilíbrio e as patas possuem garras especialmente afiadas. Curiosamente, as patas traseiras possuem juntas extremamente flexíveis nos tornozelos, que podem se dobrar para frente ou para trás.

Harry aos 16 anos
Outra característica única são os caninos: são os mais longos (em relação ao tamanho da cabeça) entre todos os carnívoros, comparáveis as dos extintos tigres-de-dente-de sabre! As mandíbulas chegam a abrir em um angulo de 100 graus - no caso de um leão, as mandíbulas abrem no máximo 65 graus - o que permite que o leopardo-nebuloso cace presas relativamente grandes, como porcos selvagens. Outros animais no menu incluem pássaros, esquilos, pequenos primatas e cervos.

Esse é um felino raramente observado no seu habitat natural, então ainda não se sabe muitos detalhes do comportamento social. Acredita-se que, como a grande maioria dos gatos, são solitários e predominantemente noturnos. Entre os leopardos-nebulosos em cativeiro, a maturidade sexual ocorre aos 2 anos. O período de gestação é entre 85 e 90 dias e normalmente a ninhada é de dois filhotes, que nascem no verão (dezembro a abril). Com 10 semanas de idade os filhotes já são independentes da mãe e começam a se aventurar sozinhos.


Ben demonstrando a longa cauda (Foto: J. Sawczyn)

Atualmente os leopardos-nebulosos são considerados como "vulnerável" em seu habitat natural. Além da perda de território para fazendas de plantação intensiva de palmeiras. A caça ainda é problema, apesar de ser proibida por lei. Desde 1998 existe um programa de reprodução em cativeiro, com a participação mundial de mais de 70 zoológicos e instituições similares que contam com cerca de 250 felinos, eventualmente alguns filhotes serão enviados de volta ao habitat natural, promovendo a diversidade genética que garante a continuação da espécie!

Bea
facebook.com/tudogato



1 comentarios:

RavenClaw~ disse...

Nossa. Muito lindo mesmo! *-*

Postar um comentário

Olá!
Estamos muito gratos por receber seu comentário aqui no Tudo Gato!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...