Gatos SRD são divididos em três grupos:

1. Raça misturada, sem nenhuma característica de qualquer raça.
2. Meio-pedigree, ou seja, filho de gato srd com gato de alguma raça.
3. Gatos de raça que não são registrados ou não satisfazem o padrão da raça (por exemplo, um scottish fold com orelhas retas, um Selkirk Rex com pelos lisos, ou mesmo um persa cujo focinho é muito longo).

foto: giane portal / fofurasfelinas

Eles são os nossos gatos companheiros do cotidiano, que trazem a alegria para nossas vidas. Muitos foram adotados de abrigos, filhotes de nossos gatos, filhotes de gatos de amigos ou mesmo achados na rua. Serão eternamente gratos por terem encontrado novos lares, onde eles vivem cercados de  amor e atenção, que recebem de seus novos proprietários.


História

foto: giane portal / fofurasfelinas
O gato srd remonta ao tempo dos faraós e, talvez, até antes. Mesmo que os primeiros gatos tendessem a ter características uniformes dentro de uma área geográfica, ao longo do tempo estas populações iniciais tornaram-se mistas. Existe o fato que vários gatos vinham em navios de outros locais do mundo, e foram muitas vezes abandonados juntando-se à população felina local. Os gatos sobreviveram à caça às bruxas dos anos 1500 e 1600, embora seus números fossem severamente reduzidos.

Como as pessoas perceberam que os gatos eram valiosos na redução da população de ratos, e eram excelentes animais  de companhia, seus números cresceram.

No início a maioria dos gatos foi autorizada a cruzar aleatoriamente e poderiam ser considerados os ancestrais dos gatos sem raça definida de hoje. No final de 1800, foi realizada a primeira exposição de gatos no Palácio de Cristal, em Londres. Enquanto alguns dos gatos tinham pedigree, outros eram srd. Os gatos srd tinham características e cores diferentes.


Aparência

Os gatos SRD variam em todos os tamanhos, formas, comprimentos de pelagem, e padrões de cores. Você vai encontrar todas as cores sólidas, além de combinações de todas as cores.
foto: giane portal / fofurasfelinas

Para aumentar a confusão, os gatos SRD vêm com muitos nomes. Eles também são chamados de gato doméstico, gato vira lata, moggie (geralmente no Reino Unido) e mais nomes dependendo do local onde que vivem.



Saúde e Predisposição a Doenças

O que pode ser falado sobre a saúde de gatos SRD, é que eles podem ser predispostos a todas ou a nenhuma doença. Tudo depende de suas origens. Os gatos SRD são considerados resistentes a doenças, pela seleção natural. Exemplo: Nasce uma ninhada com 8 gatos; sete morrem, e o que sobreviveu cruza com outro sobrevivente de outra ninhada; e assim, surge uma população de SRD super resistente. Mas também pode acontecer, de cruzar dois gatos, de raça diferente, originando filhotes  com predisposição a doenças predispostas pelos pais.

Mais uma vez, uma caixa de surpresa.


Cuidados

foto: giane portal / fofurasfelinas
Os cuidados variam.
• Animais de pelos longos, escovar três vezes por semana.
• Animais de pelo curto uma vez por semana.
• Alimentação de boa qualidade.
• Bandeja de areia sanitária a disposição, e sempre limpa.
• Visita ao médico veterinário a cada 6 meses.
• Vacinas, vermífugos, e limpeza ocular e auricular conforme orientação do médico veterinário.
• Castração indicada.


Comportamento/Temperamento

Em gatos srd, não há realmente nenhum tipo de comportamento ou temperamento pré-definido. Aqueles que não são registrados, mas possuem pais com pedigree, exibem os traços de sua raça. Os gatos com apenas um dos pais com pedigree, geralmente, embora nem sempre, exibem os traços da raça, ou podem mostrar uma personalidade e características físicas, completamente diferentes.

Com gatos srd, não há realmente nenhuma maneira de prever como se comportarão. Mesmo que você saiba ambos os pais, a personalidade real pode ser uma surpresa e pode ser mais baseada no ambiente e no modo de criação, do que em ascendência.

Na verdade, tudo será uma enorme caixa de surpresa.



Dedicatória:

Este post é dedicado aos (50) seguintes gatos e donos que participaram do post do Facebook:


Penélope, Frederico, Bóris, Radija, Pepita, Lara e Dora.
Donos: Viviane, Serginho, Nicolas e Sofia
Campinas - SP

Ziggy
Dona: Márcia Martins
Porto Alegre - RS

Zeca, Mel, Susie e Nívea
Dona: Nathália Ronay
Rio de Janeiro - RJ

Gata Lana (+ 3 filhotinhos)
Donos: Giovanna e Rui
Ribeirão Preto - SP

Mingau, Nega, Tigrão e Brancão
Dona: Priscilla Lupatelli
São Paulo, SP

Vidinha e Pandora
Donos: Jane, Amauri e Amanda Delotro
Guaianases - SP

‎60 vira latas
Dona: Jessika Coelho
Goiânia - GO

Valentina
Dona: Priscila Bianquini
Limeira - SP

Gaara
Dona: Melaine Ramon
Porto Alegre - RS

Simba, Mimoso, Fred e Lola
Dona: Mariana Rocha
Rio de Janeiro - RJ
 

MUXU, LELECO, MENININHO, PIGUINICINHA, TUIM e a BEBE
Dona: Elisangela Silva Fujita
Dracena - SP

Filomena
Dona: Arlete Beatriz
Porto Alegre - RS

BOLA
Dona: Marília Macedo
Porto Alegre - RS

AFRODITE
Dona: Fabiana Oliveira
Belo Horizonte - MG

Lion, Leona, Jim e Damon
Dona: Andreia Colecto
Goiânia - GO

SOFHIE
Dona: Loane Bernardo
Brasília - DF

Thomas, Meg, Suzy e Chico
Dona: Juliane Rocha
Belo Horizonte - MG

Felícia, Mafalda, Miúcha e Mia
Dona: Cristina Scariot
Petrópolis - RJ

Jorginho e Messiê
Dona: Ada Sarmento Marques
Rio de Janeiro - RJ

Julian Kowalski e Yanni
Dona: Daiane Ouvernay
Volta Redonda - RJ

Gata; Hera & Beto
Dona: Cin Oliveira
São Paulo - Sp

Coockie, Floquinho,Miumiu e Tequila
Dona: Glauce Arrais
São Paulo - SP

foto: giane portal / fofurasfelinas
Sophie
Dona: Loane Bernardo
Brasília - DF

Theddy Nene
Aline Tach
Porto Alegre - RS

Katrina, Zulu, Théo e Bartô
Dona: Jaciara
Belo Horizonte - MG

JUCA
Leticia Archer
Nova Trento - SC

Zulu, Anastácia, Alemão e Salém
Dona: Maritza Brito
Porto Alegre - RS

Stanley e Elvis
Dona: Leila Aronchi
Santo André - SP

Mia, Anish e Aisha
Dona: Beth Santana
Porto Alegre - RS

LAKA
Martha Rodrigues
Santos - SP

Lili e Alice
Laudicélia Oliveira
Itapetininga - SP

Zica
Paula Pedrosa
São Paulo - SP

Anastácia
Donos: Ana Cristina Spannenberg e Gabriel Guimarães
Uberlândia - MG

Fofa e Filo
DOno: João Pedro
Rio de Janeiro - RJ

Tiffany
Dona: Marsea Toselli
São Paulo - SP

Theodora e Mel
Dona: Kely C. Brumatti
Londrina - PR

Peteca
Donos: Arina e Danny
Jerusalém - Israel

Mimi
Donos: Eliane Chiqueleiro e Airton Daniel Schlemper
Pato Branco - PR

Mingau, Panqueca, Miguel e Mila
Dona: Ellen Guimarães
Lauro de Freitas - BA

Reversi e Bowie
Dona: Tania Zambrana
São Paulo - SP

Benhur e Kiara
Dona: Eliz Souza
Porto Alegre - RS

Luigi, Katita e Lilica
Dona: Luciana Souza MArchi
Curitiba - PR

Marrie
Dona: Krisley Stéffany
Santa Cruz - Bolivia

Heros, Pandora, Simba, Thor, Apolo, Zeus, Gaspar, Tomas e Horus
Dona: Karla
Oliveira - MG

Olivier Anquier
Dona: Juh Avila
Angra dos Reis - RJ

Pakato
Eric
Rio de Janeiro - RJ

Theodoro
Dona: Rosangela Pereira
Jacareí - SP

Baby
Dona: Vera Pegorari e Alexandre Pegorari
Jacareí - SP

John Lennon e Lucy +
Dona: Sarah
Belo Horizonte - MG

MILK
Dona: Isabel Cristina Andrea Samegima
Praia Grande - SP

Mingau e Mabel
Donos: Sueli, Cicero e Júlia Folador
Ponta Grossa - PR


E dedicado também a todos os gatos que nos trazem alegria, e tornam nossa vida mais feliz!




Notas

• Nada mais especial, que demonstre um ato de amor e carinho, que a adoção e cuidados de um gato SRD.

• Boa sorte, e eterna admiração a vocês, que adotaram ou adotarão um SRD.

• Os gatos te fazem pensar que eles são durões e não precisam de ninguém. Mas tudo que eles querem é que você pense o contrário. Fernanda Roldi

• "Acredito que gatos são espíritos vindos para a Terra. Tenho certeza que um gato andaria nas nuvens sem cair." (Julio Verne)


Médico Veterinário Marcelo Samegima Aleixo
http://www.facebook.com/profile.php?id=100000623329523
e mail e MSN: msaleixo@hotmail.com



10 comentarios:

Deborah Ramos disse...

"Em gatos srd, não há realmente nenhum tipo de comportamento ou temperamento pré- definido." Em outras palavras, são gatos com personalidade ;)
Não que os outros não tenham. Claro que tem, todo mundo tem personalidade hehe Mas os gatos SRD são como as pessoas, você só vai conhecer mesmo depois de conviver com eles.

SHARON disse...

Adorei a matéria, pois tenho oito SRDs completamente diferentes uns dos outros. Todos eles vieram das ruas nas mais diversas idades e são a alegria da minha vida. Tenho uma que parece siamesa com 18 anos e super saudável, por outro lado, perdi um menininho, aos 12 anos, com insuficiência renal (ele viveu quatro anos com a doença), e tenho mais um, com 13 anos, insuficiente renal e hipertenso há três. Cada gato é único e não consigo ver minha vida sem estar cercada de gatos srds ex-moradores de rua.

Laura disse...

Ameeeei muito o post, Dr!!!! Perfeito!!!

(Acredita que só recentemente descobri que sua clinica é aqui na Baixada Santista?? Depois quero endereço pra levar as minhas bebês lá!)

Bjo!

Rafaela - Tudo em Foco disse...

Os gatos SRD são, na minha opinião, os melhores! Tenho um SRD, que é muito fofo, querido e supercomportado. Apesar de serem mais comuns, acho que adotar um SRD é, de fato, um ato de amor, porque demonstra que a pessoa quer um companheiro de verdade, que esteja sempre ao lado e que alegre os dias. E, neste sentido, os SRDs são os mais eficientes!

Maga disse...

Adorei a matéria e fiquei feliz de ver os magatinhos representando orgulhosamente os srd em fotos de Giane Portal. Obrigada :)

Joelma Alves disse...

Amei o post! Quer um gato mias especial do ques os SRD?! rs
Eu tenho 4, e como a Sharon disse, não imagino minha vida sem eles!

=)

Priscila disse...

Adorei o post!!! Amo minha Valentina!!! Gatos são especiais!!
=]

Juh Avila disse...

Oba!!! Meu fofucho saiu na homenagem tb!!!
O meu SRD nasceu Sagrado da Birmânia, mas como não seguia os "padrões" estéticos da raça (tem uma mancha preta no nariz e uma "luvinha" suja) ia ser descartado por um criado de fundo de quintal desalmado junto com dois irmãozinhos com o mesmo problema. Criador denunciado, filhotes resgatados e em novos lares. Para esses um final feliz, mas, e quanto aos outros? Fica minha dica para uma matéria...o que acontece com os "imperfeitos" nas ninhadas de criadores?
O que vcs acham?

Anônimo disse...

eu teho uma gata sem raça definida,ela tem 3 cores e é bem colorida...

DêÊ disse...

Adoreii o.post e tds os comentarios.
acabei de adotar uma liiinda SRD.. estou completamente apaixonada.
Pode.nao ter raça definida mas.ja definimos mt.bem.nosso carinho e companheirismo!! *-*

Postar um comentário

Olá!
Estamos muito gratos por receber seu comentário aqui no Tudo Gato!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...