23 de fev de 2012

LaPerm | Gatos de Raça


Foto: http://www.catfacts.org/laperm-cat-facts.htm
Quando você tem o prazer de ver pela primeira vez um LaPerm, você pode pensar que está vendo um gatinho que acaba de voltar da academia de ginástica e do cabeleireiro. No entanto, só a mãe natureza é capaz de criar esta pelagem incrível, onde ate os bigodes e as sobrancelhas são encaracolados, e um corpo tão musculoso e bonito.

Ao embalar um LaPerm em seus braços , todos seus sentidos são aguçados. Correndo os dedos em seus pelos, você terá uma sensação incrível e não vai querer parar. Ouvir o ronco e ver a inteligência se desdobrar quando ensina seus truques e brincadeiras, lhe dará uma sensação inigualável de amor e respeito para a raça.


Origem

No verão de 1982, nos Estados Unidos da America, em um grande pomar de cerejas de uma fazenda localizada perto de Oregon, uma gata parda chamada speedy, deu a luz a seis gatinhos. Os proprietários, Richard e Linda Koehl, notaram que um dos filhotes, uma fêmea, nasceu totalmente sem pelo, e pesava menos que seus irmãos de ninhada, mas tinha um corpo mais longo e orelhas maiores.

O gatinho prosperou, e em cerca de oito semanas de idade, os pelos macios e encaracolados começaram a aparecer em seu corpo. Ela foi apropriadamente batizada Curly e sua dona, Linda Koehl, descobriu que ela não só tinha uma pelagem única, mas também tinha uma personalidade encantadora.

Quando a gatinha Curly alcançou a idade reprodutiva, produziu sua própria ninhada de cinco machos malhados, sendo que todos nasceram sem pelo e como em sua mãe, aos oito meses, nasceram pelos encaracolado em todo corpo. Embora os Koehls não soubessem disso na época, o pelo encaracolado é regido por um gene dominante; portanto, apenas um dos pais precisa do gene para produzir descendentes com pelos encaracolado.

Ao longo dos próximos cinco anos, a familia Koehls não fez nenhum esforço para evitar o cruzamento de Curly e de suas ninhadas, apenas deixou a natureza seguir seu curso. E já que a natureza dita que os gatos domésticos se reproduzem em um ritmo incrivelmente rápido, os Koehls logo tiveram uma colônia grande e diversificada, em uma infinidade de cores e padrões. Infelizmente, Curly desapareceu uma noite e nunca mais voltou, mas seu legado continua.

Depois de ler sobre raças de gato, Linda Koehl percebeu que seus gatos tinham padrões únicos, e decidiu apresentá-los em uma exposição de gatos. Ela nomeou a raça de LaPerm que significa "ondulado" em várias línguas. Em 1992, ela levou quatro LaPerms a um show CFA em Portland, Oregon. Sua caixa de transporte com diversos LaPerm , foi logo cercada por uma multidão de curiosos e cativou amantes de gatos.

Linda Koehl, motivada pelo entusiasmo dos amantes de gatos, começou a freqüentar exposições regularmente. Com a ajuda de geneticistas e outros criadores que também estavam fascinados, ela fundou o Gatil Kloshe, começando um programa de melhoramento, e o processo longo e complicado de ganhar reconhecimento para o LaPerm. A CFA reconheceu a raça, e em 1995 a TICA também.


Aparência

Foto: http://www.mycatsite.com/laperm-cat.html
Corpo com comprimento médio a longo, musculatura bem desenvolvida, pesando 3,5 a 4,5 quilos os machos e 3 a 4 quilos as fêmeas.

Patas finas e longas, sendo as traseiras ligeiramente maiores que as dianteiras.
Os quadris são ligeiramente mais elevados do que os ombros.

A cauda é fina em proporção ao tamanho do corpo, e é geralmente encaracolada e emplumada quando o animal possui pelo longo e em formato de escova quando o animal tem pelo curto.

Cabeça em forma de cunha com contornos suaves e arredondados. Grandes orelhas em forma de concha com pelos encaracolados em torno da base. Olhos grandes em formato de amêndoa, ligeiramente afastados; a cor dos olhos não tem relação com a cor da pelagem; todas as cores dos olhos são aceitas.

O pescoço é ereto e de tamanho médio em proporção ao corpo.

Possuem pelos encaracolados, flexíveis, leves, arejados de tamanhos variados, desde pelo curto ate pelo longo. Todos os padrões de tamanho e cores são permitidos. O pelo não embaraça facilmente. Como há pouco subpêlo, o pelo com formato encaracolado mantém grande parte da pelagem solta presa ao corpo, em vez de cair no chão e em móveis.

Tornam se adultos em media com três anos.

A CFA a TICA permite cruzamento com gatos domésticos de pelo longo e pelo curto para expandir o pool genético da raça. A CFA, no entanto,estabeleceu que gatinhos LaPerm nascidos em ou após 1 de Janeiro de 2015, só pode ter pais LaPerm.


Saúde e Predisposição a Doenças

Um gato com saúde excelente, e sem nenhuma predisposição a doenças.


Cuidados

• Animais com pelos curtos, uma escovação semanal.
• Animais com pelos longos, duas escovações semanais;
• Limpeza semanal, no máximo quinzenal nos ouvidos, usando sempre um produto próprio para essa finalidade, que se encontra em pet shops. Instile sete gotas do produto para limpeza em cada ouvido, e depois de 20 minutos limpe com auxilio de meio palito de sorvete envolto com algodão, ate que ele saia sem sujeira aderida.
• Manter vacinação e vermifugação em dia, e seguir demais orientações de um médico veterinário, fazendo uma visita a cada 6 meses no mínimo.


Comportamento/Temperamento

O LaPerm é um gato inteligente curioso que pensa em como conseguir e obter o que quer, usando as patas e a boca para alcançar e apanhar tudo que deseja.

Eles vão muitas vezes seguir a sua liderança, isto é, se eles estão brincando ou ocupado e você decide se sentar e relaxar, basta pegar o seu LaPerm e sentar com ele, e ele vai ficar no seu colo devorando a atenção que você dá.

Foto: http://www.vetstreet.com/cats/laperm

Estes gatos, travessos e palhaços, com seus pelos ondulados e olhos inocentes vão fazer você rir de suas brincadeiras envolventes. São gatos ativos, que gosta de estar com você e participar de tudo o que você está fazendo. Eles querem estar perto de você e irão segui-lo como um cão, passear em seus ombros, sentar ao seu lado no sofá enquanto você vê televisão.

Eles vão chegar perto, e esfregar o rosto e as patas contra a sua cabeça, pescoço e rosto, mas sempre com muito carinho.

Eles são gatos gentis e afetuosos que desejam um contato humano.

Sua natureza, carinhosa e amorosa faz com que eles se de bem com crianças e animais de estimação da família, tornando-os um companheiro ideal.

Nota1: Apesar de todas as qualidades de um gato de raça, um vira latinha apresenta milhões de qualidades, que o farão tão ou mais especial que qualquer gato de raça pura.
Nota2: Pense sempre em adotar um gatinho. Não existe um ato de amor tão especial, quanto à adoção.
Seja adulto ou filhote, não compre, adote.


MV Marcelo Samegima Aleixo
http://www.facebook.com/profile.php?id=100000623329523
e mail e MSN: msaleixo@hotmail.com



4 comentarios:

Rodrigo disse...

Gostei do blog, muita coisa sobre gatos, parabéns.

Rosane, Pandora e Ramon disse...

Que pelo diferente, gostei da raça, não a conhecia. Obrigada por compartilhar. Bjks

ESMERALDA disse...

Realmente ele é uma gracinha, parece fofinho e doce...rs...rs...a vontade que dá é ter um gato de cada, eu costumo brincar dizendo que se eu ganhasse na mega, nem jogo...rs...rs... eu ia ter um SRD de cada cor, e um gato de raça de cada...haja espaço...mas realmente quem ama gatos gostaria de ter um monte...é delicioso!!!

Zanarde disse...

São extremamente fofos. Olhinhos de anjinhos e pelos que pedem para serem acariciados. Cada vez mais me surpreendo com as fotos que são colocadas aqui. Eu já conhecia a raça, mas aprendi muito aqui.
bjs

Postar um comentário

Olá!
Estamos muito gratos por receber seu comentário aqui no Tudo Gato!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...