Hoje vou falar um pouco sobre o mais famoso felino brasileiro, a onça (Panthera onca)! Também conhecida como onça-pintada, onça-parda, jaguar ou jaguaretê, medindo cerca de 75cm de altura, até 2,4m de comprimento e pesando em média 100kg, é o terceiro maior felino no mundo (só perdendo para o tigre e o leão), e o maior encontrado nas Américas.
A onça tem as mandíbulas mais poderosas
de todos os felinos selvagens!


Originariamente o habitat natural das onças se estendia do sul dos Estados Unidos, passando pela América Central e do Sul até o sul da Argentina, mas infelizmente no momento são consideradas praticamente extintas na América do Norte e alguns países da América do Sul. Encontradas mais em áreas bastante arborizadas, algumas populações vivem em planícies ou até no topo de montanhas, sempre próximas a cursos d'água.


Os exemplares brasileiros, que vivem principalmente no pantanal mato-grossense e na floresta amazônica, são um pouco maiores do que os encontrados em outras áreas. Esse gato incrível faz parte da mitologia de vários povos, como Maias, Astecas e os índios Guarani, sempre simbolizando força e coragem; até nos dias atuais, um dos carros mais famosos, e caros, do mundo é o Jaguar!

Onças têm a mordida mais poderosa de todos os felinos e são capazes de perfurar até cascos de tartarugas.

Lindo exemplo de uma onça melanítica, essa
maravilha é a Athena
E para nunca mais confundir onça com leopardo: as rosetas das onças são bem maiores, mais espaçadas, as patas são mais curtas e muito mais musculosas! Mas assim como os leopardos, onças negras não são uma espécie diferente - cerca de 6% são pretas (melaníticas) devido a uma mutação genética, quem tiver sorte, e coragem, de chegar bem pertinho (ou tiver uma câmera com um bom zoom!) vai notar que as rosetas são presentes, só não tão visíveis.


O comportamento das onças é similar ao dos tigres, adoram água e são exímios nadadores e caçadores aquáticos. Qualquer animal menor é almoço! Mas ao contrário de quase todos os felinos, que matam a presa por asfixia, a onça (e jaguatiricas também) têm a capacidade de morder e quebrar o crânio ou medula das presas, causando morte cerebral quase instantânea. O cardápio preferido inclui capivaras, macacos, antas, porcos selvagem, jacarés e peixes. São notívagas e solitárias, só procurando a companhia de outras onças durante o período de acasalamento. A gestação dura cerca de 100 dias e podem ter até 4 filhotes. A expectativa de vida em cativeiro é em torno de 20 anos (ou 10 anos em animais selvagens).

Ares, muito relaxado, mostra bem as rosetas grandes e bem separadas típicas desses gatos.

Apesar de ser um animal tímido e muito raramente atacar humanos, as onças ainda são cruelmente perseguidas e mortas, por caçadores no mercado de peles ou troféus e fazendeiros protegendo rebanhos; e ainda enfrentam significativa perda de território por causa da expansão humana. No momento tem a classificação NT (quase ameaçado de extinção).


Aproveitando a deixa, para quem se interessa por conservação, a União Internacional para a Conservação da Natureza e Recursos Naturais (IUCN) possui 9 classificações, usadas para fauna e flora:

* Extinto (EX - extinct)
* Extinto na natureza (EW - extinct in the wild)
* Em perigo crítico (CR - critical)
* Em perigo (EN - endangered)
* Vulnerável (VU - vulnerable)
* Quase ameaçada (NT - near threatened)
* Segura (LC - least concern)
* Dados insuficientes (DD - data deficient)
* Não avaliada (NE - not evaluated)


Alguém mais conhece as lendas da onça-maneta, onça da mão torta e onça-pé-de-boi, ou alguma outra? Eu confesso que nunca tinha ouvido nenhuma dessas histórias de folclore até fazer a pesquisa para a coluna!


Bea
twitter: @Foco_felino



7 comentarios:

Zanarde disse...

oi

Eu normalmente era apaixonada por gatos domésticos. Mas com essa coluna fui criando uma grande fascinação por esses lindos gatis selvagens.
Existe apenas um problema...não dá para eu pegar um animal desse tamanho e acariciar...ou abraçar...aposto que levaria um tapa no pé do ouvido...
Valeu por mostrar a onça. Na verdade eu não conheço nenhuma lenda com onça. Vejo bastante nas histórias do Chico Bento.

bjsss

Laura disse...

Linda onça!!! Como sempre, a coluna está nota 10!

Bjs

CAT disse...

Fascinante Matérias,lendo só aumenta mais o Amor pelos Felinos, quando leio essas matérias eu chego em casa e comento com os meus gatos,dizendo que vi os primos deles...rs...rs...rs....Nossa seria um sonho poder dormir abraçado com um felino tão lindo,deve ser bem quentinho e aconchegante!!!!kkkkkkkk

João Víctor disse...

Discordo da Laura. Nota dez é arara, onça-pintada é nota 50.
R$ 50,00!!!!
Faltou falar da minha nota de real favorita...(lembreido do dinheiro talvez porque acabei de pagar uma conta no banco \o/)
Vi no jornal Extra há um tempo atrás que a onça na nova nota de real é baseada numa das onças do zoológico daqui do RJ (achei o link: http://extra.globo.com/noticias/rio/gabi-unica-onca-do-zoologico-do-rio-estampa-nova-cedula-de-50-1700554.html
Eu já vi essa onça, ela é enorme e tem um rugido assustador mas maneiro!!!
Vale a pena também uma olhada nesse vídeo mostrando as medidas de segurança da nova nota: http://www.youtube.com/watch?v=VnN8ACSuh_w

Laura disse...

É verdade, João... é nota 50!! haha!!!

CAT, eu tbm falo com minhas filhas que esses felinos são os "promos" delas... rs É.. mãe de gato é tudo igual mesmo! =)

Anônimo disse...

Tudo gato.... Divulga meu site www.bichanofeliz.com.br

Bea disse...

Obrigada pelos comentarios, gente! Fico feliz que estao curtindo!
Gateiro é tudo igual com certeza, sonha em afagar um gatao selvagem! E sempre que eu volto do zoo eu falo pro meu gato "vi muitos gatos lindos hoje, mas voce ainda é o mais maravilhoso do universo!" ainda bem que nao sou louca sozinha rs!
@Joao Victor, valeu pelo link da nota de R$50, faz teeeeeempo que eu nao vejo uma nota de Real, nao fazia ideia que era ilustrada com onca!

Postar um comentário

Olá!
Estamos muito gratos por receber seu comentário aqui no Tudo Gato!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...