Origem

Pouco se sabe sobre a origem do Russian Blue (Azul da Rússia), embora existam muitas histórias e lendas a esse respeito. Muitos acreditam que o Russian Blue seja uma raça natural, originária das Ilhas Archangel, no nordeste da Rússia, tanto que, a princípio, era conhecido como Archangel. Cat, que chegaram à Inglaterra por volta do ano de 1860, levados por marinheiros.

Há também quem diga que os Russian Blues são descendentes dos gatos dos czares russos e animais de estimação favoritos da rainha Victoria.

Esses gatos também chegaram a ser chamados de Spanish Cat (Gato Espanhol), Maltese Cat (Gato Maltês) e Foreign Cat (Gato Exótico).

O Russian Blue foi apresentado pela primeira vez numa exposição em 1875, no Crystal Palace, na Inglatera, ainda com o nome Archangel Cat. Desde essa época até depois da Segunda Guerra Mundial, criadores ingleses e escandinavos trabalharam para desenvolver as linhagens de fundação do Russian Blue contemporâneo.

Apesar de esses gatos terem sido importados para os EUA por volta de 1900, há poucos registros da raça na América até depois da Segunda Guerra Mundial.

Criadores americanos combinaram as linhagens inglesas e escandinavas para produzirem o Russian Blue que conhecemos atualmente.

Por volta de 1960, o Russian Blue começou a ganhar popularidade e se tornou uma das raças favoritas em exposições e também como animais de estimação.

Aparência

O Russian Blue é um gato esbelto, de pelagem suave, sedosa, curta e densa, de cor cinza azulado, com as pontas dos pelos num tom cinza prateado. Possui subpelo bastante denso.

Filhotes apresentam listras escuras pelo corpo, que desaparecem com o passar dos meses.

As orelhas são grandes, largas na base, inseridas no alto da cabeça, sendo que a pele que as recobre na parte interna é fina e translúcida.

Os olhos são grandes, de cor verde profundo e em formato arredondado.

Outra característica da raça que chama a atenção é que as “almofadas” da face, onde estão inseridos os bigodes, são proeminentes, e os cantos da boca, naturalmente levantados, o que dá a impressão de que o gato está sempre sorrindo levemente.

Apesar de a CFA (Cat Fanciers’ Association), que é a maior entidade mundial felina e a TICA (The International Cat Association, outra entidade muito importante) só aceitarem a cor azul para o Russian Blue e não permitirem o cruzamento do Russian com outras raças, o GCCF (The Governing Council of the Cat Fancy), do Reino Unido, permite esses cruzamentos e aceita o Russian Blue em três cores: o azul tradicional, o preto (Russian Black) e o branco (Russian White).

Eu confesso que acho meio esquisito que uma raça cuja característica principal seja justamente a cor cinza azulada da pelagem, tenha exemplares de outra cor que não seja essa, enfim...

Saúde e Predisposição a Doenças

O Russian Blue é um gato geralmente saudável, desde que sejam seguidos os devidos cuidados de rotina com sua saúde, como vermifugação e vacinação em datas corretas.

A alimentação deve ser de boa qualidade, mas como tende a comer demais, é preciso que seus humanos estejam atentos para alimentá-lo na quantidade correta, evitando que se torne obeso.

Cuidados

Por se tratar de uma raça de pelos curtos, mas com subpelo espesso, é importante escová-lo uma ou duas vezes por semana.

Também é necessário fazer a limpeza de ouvidos com produto indicado pelo veterinário de confiança, além do corte de unhas.

Temperamento e Comportamento


O Russian Blue é inteligente, silencioso, sensível e geralmente tímido com estranhos.

Na verdade, ele é um gato para ser conquistado. Costuma escolher cuidadosamente seu humano de estimação , mas uma vez que este seja escolhido, mostra-se extremamente leal e afetuoso , seguindo-o por toda parte. Adora brincar, mas não é destruidor, se dá bem com outros animais, mas não é muito receptivo a estranhos. É comum que se esconda sempre que seu humano receba visitas.

É um gato bastante exigente em relação à limpeza de sua bandeja sanitária, se ela não estiver muito limpa, ele pode fazer suas necessidades em qualquer outro local.

Mais que qualquer outro gato, o Russian Blue aprecia a rotina e pode sofrer diante de qualquer mudança. Ele também não gosta de ambientes barulhentos ou tumultuados.


Algumas observações


Para ser sincera, assim como a maioria das pessoas, sou incapaz de distinguir, à primeira vista, um Russian Blue de um gato srd cinza azulado. Se você gostou de saber mais sobre o Russian Blue e gostaria de ter um gato como esse, considere a possibilidade de adotar um “genérico”.

Sempre é possível encontrar gatos muito parecidos com esse, disponíveis para adoção, tanto que duas amigas tiveram “genéricos”, pelos quais eram apaixonadas. Eu duvido que alguma delas seria capaz de trocá-los por um exemplar de raça pura.

Durante as minhas pesquisas sobre o Russian Blue, visitei o site do gatil Grisaille, localizado no sul da Florida, e achei uma coisa muito bacana: eles participam de um projeto que visa ajudar uma organização sem fins lucrativos, a Cats Exclusive, e para cada filhote vendido, o gatil doa uma porcentagem do valor obtido com a venda.

O Cats Exclusive abriga em suas dependências até 60 gatos resgatados, mas encaminha gatos para centros de adoção que se encarregam de conseguir bons adotantes para eles.

Eles já castraram cerca de 10000 gatos e possuem uma clínica própria, onde oferecem atendimento e procedimentos veterinários a baixo custo.

Eu gostaria muito que a atitude do gatil citado servisse como exemplo a criadores brasileiros. Sei que o custo de uma boa criação é alto, mas com boa vontade, acho que é possível ajudar.

Um abraço!
Heloisa
twitter: @all_beeds



21 comentarios:

Zanarde disse...

oi
Eu fiquei encantada com essa raça depois que um sdr azul apareceu na minha porta...http://www.facebook.com/video/video.php?v=209866342390481
Adoro saber mais de gatos e os de raça estão me surpreendendo...Eles possuem cada um um charme...
Gostaria de parabenizar vc e que realmente gatis façam como o sitado.
Eu ainda vou ter um genérico, pois fiquei com água na boa desse meu amigo visitante...mas não importa o gato, a minha baba aceitando eu pegaria....
bjsss

CAT disse...

Realmente, esses gatos são muito lindos, eu tenho um azul genérico, mas que faz muito sucesso com meus amigos e ele é muito carinhoso com as pessoas,muito ronronento e adora dormir entre eu e o meu marido, ele tem os olhos amarelos, mas não tem problema o que vale é que ele me trás muitas alegrias!!!!!Adoroooooooooooo!!!!

Laura disse...

Ai que lindos! Meu marido (que nao era gateiro mas se tornou um...rs ainda que não muito assumido!) é doido pelos genéricos russian blue!! rs

disse...

Que lindos, que raça espetacular, sou doida por esses gatos azulados Russian ou genéricos tanto faz são maravilhosos...
Heloisa adoro sua coluna, sou cada vez mais doida por saber tudo q for possivel sobre gatos e sua coluna sobre Gatos de raça é incrível, parabéns!!

João Víctor disse...

Ninguém (não-gateiros) me leva a sério quanto eu digo que existe gato azul. Às vezes eu falo com minha irmã frases do tipo "vc viu aquele gato azul lá na rua hoje" e aí as pessoas olham com aquela cara de "!?!?!?!?!?"
E concordo com a Heloisa. Gato azul mas que na verdade é branco não faz o menor sentido :-P

Bem estar bem disse...

Olá!
Tenho um "genérico", realmente é uma raça adorável, até tentei achar uma gatinha azul tbm para cruzar,achei uma que foi cria de uma siamesa com um gato cinza,ou azul, tanto faz...mais eles ainda não cruzaram. O macho é como o verdadeiro, tem olhos verdes e bem timido com pessoas estranhas,não vejo a hora de ver os filhotes. Parabéns pela matéria.

Heloisa disse...

Bem estar, eu sei que não tenho nada com isso, mas se vc ainda não cruzou seu gato, por favor, considere a possibilidade de castrá-lo e adotar mais um gatinho cinza-azulado!
Tem tantos gatos esperando a oportunidade de terem um lar, que seria fantástico se vc pudesse adotar mais um.Além disso, tem outra questão: quando cruzamos srds, os filhotes nem sempre nascem como os pais em relação à aparência ou mesmo à personalidade.
Eu tenho 7 gatos, tanto srds, quanto de raça, mas são todos castrados. Pelo bem da saúde deles, eu fiz questão de que todos fossem castrados e também aconselho todos os meus amigos gateiros que façam o mesmo!
Obrigada pelo comentário!:)

Heloisa disse...

Oi, Zanarde!Eu vi o vídeo, o bichano é mesmo um perfeito "genérico" de um Russian Blue!!!:D
Todo gato tem seu charme, independentemente da raça, mas sabe o que eu acho mais interessante? É descobrir como a maioria das raças tem "genéricos" tão parecidos com os originais.
Eu acho que vc deve adotar mais um, acredito que sua bebê vai acabar aceitando um companheiro!
Obrigada!
Bjs!

CAT, se os olhos do seu bichano azul são amarelos,o seu gato é um genérico de Chartreux!hehehe...Eu tenho gatos de olhos amarelos e AMO, acho lindo!
(O Russian Blue e o Korat tem olhos verdes, o Chatreux tem olhos amarelos e eu duvido que as pessoas que lerem isto aqui, vão se lembrar desse detalhe de cor de olhos!)!


Laura, muita gente vive dizendo que não gosta de gatos, mas nunca teve o prazer de conviver com um. Depois que convive, acaba virando gateiro!;)
Bjs!

Rê, sempre se acha lindos genéricos para adoção, é só ficar de olho!Se eu não me engano, uma das minhas amigas que tinha um genérico o adotou no CCZ ainda filhote.
O propósito da coluna é mesmo mostrar características e curiosidades sobre raças de gatos.O que eu acho mais legal é que quem gosta mesmo de gato é capaz de admirar o exemplar de raça e ser feliz do mesmo jeito com um genérico.
Fico super contente que vc goste da coluna!

João Victor, uma das minhas amigas que citei no texto tinha um gato chamado Lukinha e ela chegou a me mostrar fotos dele em que ele está AZUL meeessmoo!
Muito mais azul do que os Russians que vi em fotos!
Eu não sabia que existiam Russian Black e Russian White,eu preferi nem falar muito deles no texto, porque nem a CFA, nem a TICA os reconhece, mas quem quiser matar a curiosidade, aqui está o link de um gatil que cria as três cores:
http://www.russiancats.com/Russian%20White.html

Fala sério, tem TANTOS gatos pretos e brancos para adoção e os caras vão inventar moda??? Nem o azul eu compraria, que dirá o preto e o branco. Fico com os genéricos sem pensar duas vezes!;)

CAT disse...

Oi...Heloisa,costumo ler a revista pulo do gato, e comprei a edição que falava de todas as raças, e lá vi a foto do Chatreux, que tem os olhos amarelos, até o meu marido acha que o nosso gato é genérico de Chatreux,mas isso não importa, o que importa é que os gatos sempre conquistam o nosso coração!!!Um Abraço!!!

marisa licursi disse...

Meu top 3 de raças :)
Lindíssimos! Parabéns, Helô!!

Isabel Cristina disse...

Olá pessoal!
Estava fazendo uma busca na internet quando achei esse site maravilhoso. Possuo um casal de Russian Blue originais. Sempre amei gatos com ou sem raça (já tive "sialatas"), mas posso dizer que esta raça é muito especial é mais que apaixonante!!!
Existe um gatil aqui no Brasil de muita responsabilidade que cria essa raça, meus bebes estão com 1 ano e cinco meses, quem quiser tenho umas fotos pra vcs verem:

https://www.facebook.com/media/set/?set=a.173813635970895.38701.100000267791214&type=3

Eles nascem com olhos azuis, depois de 3 meses ficam amarelos e com cerca de 5 tornam-se verdes. Temperamento sem igual, uma docilidade e inteligência espantosa.

Aqui vai o site do gatil de onde eu os adquiri.
http://www.gatillovelydolls.com/

lampiao disse...

oi
sou Beatriz
O meu gato se chama Lampiao.Ele fica muito preguisoso demais!Fica esticado demais.tem olhos verdes ele è de verdade!

Anônimo disse...

Gostaria de saber, se existe algum mal cruzar uma gatinha blue russian com um chartreaux? É que tenho um macho e recentemente ganhei uma gatinha azul russo :)

Vitor C.

Djuh disse...

Eu tenho um azul generico porem o comportamento dele e identico ao do Azul original,a unica coisa diferente sao os olhos Amarelos,mas o amo assim mesmo!

Denise disse...

Eu tenho um filhotão genérico... fecha quase todas as características, porém É destruidor (kkk) e seu pelo não é muito curto.
Lindo, linod como a vida e super amoroso!

Anônimo disse...

gente como faço para adquirir um e existe essa raça da cor preta!!!

Kathleen Rosa disse...

Eu queria saber se todo russian blue é meio estrábico quando pequeno... Eu ganhei um mas não sei se ele é de raça mesmo...

Raquel Taís Lintener disse...

Amei a matéria, eu tenho um genérico, mas igualzinha na aparência, uma lindaaaaa, leal, me segue para todos os lados da casa mesmo, e quando aparecem estranhos não se encontra mais a malandrona, gatos são tudo de bom! AMO AMO ><

Eliza Possinholo disse...

quero ganhar um, quem me dá por favor!!!
Eliza 19 99617127

Roberta Freitas disse...

Olá, tenho uma gata Chartreux e estou procurando um macho para cruzar. Vc tem interesse? Se tiver, por favor, entre em contato robertasouzafreitas@gmail.com. Grata

Roberta Freitas disse...

Olá, tenho uma gata Chartreux e estou procurando um macho para cruzar. Vc tem interesse? Se tiver, por favor, entre em contato robertasouzafreitas@gmail.com. Grata

Postar um comentário

Olá!
Estamos muito gratos por receber seu comentário aqui no Tudo Gato!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...