7 de jun de 2011

Abissínio - Gatos de Raça


Origem 


Embora a Abissínia seja uma das mais antigas raças de gato, há muitas especulações e controvérsias acerca de sua origem.


Em relação à aparência, não há como negar que eles são muito parecidos com os gatos mostrados em pinturas e esculturas do Antigo Egito e acreditava-se até que eram descendentes dos gatos cultuados pelos egípcios, aliás, até hoje, ainda existem pessoas que acreditam nisso.

O nome "Abissínio" ou “Aby”, como também é chamado, não se deve ao fato de sua origem ser a Abissínia, atual Etiópia, mas deve-se ao fato de o primeiro gato Abissínio a chegar na Inglaterra, de nome "Zula", foi comprado nesse país pela esposa do Capitão Barret-Lennard, em 1868, no final da guerra entre a Inglaterra e a Abissínia.

Recentes estudos feitos por geneticistas mostram que a origem mais provável da raça seja a costa do oceano índico e partes do sudeste da Ásia.

Os primeiros gatos Abissínios chegaram à América do Norte a partir do ano de 1900, mas só a partir do ano de 1930 começaram a chegar exemplares com qualidades necessárias para que fossem estabelecidos programas de criação da raça na América.

Aparência 


Abissínios são chamados de "Runway models of feline world", ou "os modelos de passarela do mundo felino", são gatos de porte médio, com  corpo alongado e esguio, porém musculoso, pescoço alongado e ligeiramente arqueado e cabeça delicada. Seus olhos são ligeiramente amendoados, de cores que variam do cobre ao verde, passando por tons de amarelo e até laranja. As orelhas são grandes, com base bem mais larga que a ponta.

Uma característica única na raça é o ticking da pelagem,que é chamado de agouti, ou seja, cada pelo do Aby possui pelo menos três bandas de cores diferentes, podendo chegar a 6.
As pernas, peito, face e barriga não são ticados.

A CFA (Cat Fanciers’ Association), maior entidade mundial feline, aceita 4 cores para a raça Abissínia:

Ruddy: marrom avermelhado, puxando para o laranja

Sorrel (ou Red ou ainda Cinnamon): alaranjado

Blue: pelos de cor bege, ticado  com  pelos de vários tons de cinza-azulados.

Fawn: bege rosado, ticado com pelos marrom bem claro.

A TICA aceita as cores acima, além das cores chocolate (marrom de tonalidade chocolate) e lilac (diluição da cor chocolate).

Abissínios de origem europeia geralmente tem estrutura mais pesada do que os americanos e canadenses, que trabalharam mais o tipo alongado da raça.

Outra característica da raça é a marcação branca, que vai do muzzle (bochecha) do gato, até logo abaixo do pescoço.

Temperamento/Comportamento


Eu sempre achei Abissínios muito bonitos, os gatos mais elegantes que já vi, em relação ao porte físico e à movimentação, o jeito de andar “na ponta das patas”, que é típico da raça, mas nunca pensei em ter um, muito menos comprar um exemplar.

Foto: Cleber Delázari
Alguns anos atrás, antes de ter gatos Abissínios, ao visitar o site de uma criadora americana da raça, me deparei com um texto, cujo título era “Are you really ready for na Abyssinian?” (“Você está realmente pronto para um Abissínio?”). Esse texto me surpreendeu muito, porque eu conhecia a raça por fotos, artigos em revistas, etc, mas o que a criadora dizia lá eu jamais tinha lido em outro lugar. Ela falava, entre outras coisas, que Abissínios são bagunceiros, muuito bagunceiros, além de destruidores e que não são os gatos mais indicados para qualquer pessoa. Ela explicava que, além de criadora, ela também trabalhava num abrigo para gatos Abissínios que haviam sido rejeitados por seus donos. Os que tinham sorte conseguiam um novo lar, com uma nova família, mas vários outros eram eutanasiados.  Por esse motivo, ela se sentia na obrigação de dizer tudo aquilo às pessoas interessadas em adquirir um exemplar da raça.

Depois de ganhar meus Abissínios de um amigo que criava a raça, pude constatar, com muita surpresa, que o que ela dizia era mesmo verdade. Quando voltei ao site dela e reli o texto, a impressão que tive foi a de que ela descrevia meus gatos.

 Abissínios não são mesmo para qualquer pessoa e eu admiro muito a honestidade daquela criadora, em dizer exatamente como são esses gatos. Infelizmente, o site dela não está mais no ar e eu não lembro o nome dela, eu gostaria de citá-lo, porque achei muito correta a postura dela, que mostrava que não estava interessada só nos lucros com a venda de filhotes.

Abissínios são gatos muito inteligentes, afetuosos, brincalhões, ágeis  e rápidos. São bem mais independentes que outros gatos, extremamente ativos, alguns especialistas os consideram os gatos mais ativos que existem,parecem ligados na tomada, não dormem tanto quanto outros gatos e são muito curiosos também. Miam pouco e bem baixinho, mas ronronam muito e bem alto. Definitivamente, não são “gatos de colo”, sendo que alguns exemplares não gostam sequer de serem segurados. Eles até podem subir no colo de seus humanos, mas só quando  querem e não costumam permanecer ali  por muito tempo, porque estão sempre em movimento. Na verdade, eles gostam de estar sempre por perto, mas de preferência  em lugares altos, observando o que seus humanos estão fazendo.

Também não gostam muito de dormir com seus humanos, embaixo de cobertores, como a maioria dos gatos. Eles até podem subir na cama de seus humanos, afofá-los, ronronar muito, ficar ali durante um tempo, mas eles não param quietos, logo saem para dar uma voltinha pela casa.

Eles são mesmo destruidores, mesmo que tenham um belo arranhador à disposição,  não perdem a oportunidade de afiar as unhas em móveis e outros objetos da casa. Objetos de decoração , que sejam quebráveis, raramente duram muito tempo numa casa com um Abissínio.

Sempre tive srds e jamais tive que me preocupar com gatos subindo em fogão, pia ou mesa, para roubar comida, meus srds sempre foram bem educados, nunca fizeram esse tipo de coisa, mas meus Abissínios fazem. Mesmo que estejam entupidos de ração.

Quem tem Abissínio  não pode deixar pratos na pia, porque se deixar, ele se encarrega da “pré-lavagem” dos mesmos. É preciso tomar cuidado com objetos elétricos/ eletrônicos, porque eles são curiosos, se tiverem chance, mexem mesmo e podem estragar coisas ou tomar um choque.

O grande problema de eles fazerem essas artes nem é os estragos que causam, mas é o fato de que podem se prejudicar durante suas estripulias. Os Abissínios de uma amiga jogaram uma tv de 21 polegadas no chão, mas por sorte não se machucaram. Um dos meus Abissínios quebrou prateleiras de vidro que eu tinha em casa e por sorte não se machucou, mas quase me matou de susto. Em outra ocasião, quando eu estava com a casa em obras e um dos pedreiros deixou um frasco de querosene na minha lavanderia, meus Abissínios derrubaram o frasco em cima de uma das fêmeas. Tive que dar banho na gata às 4 hs da madrugada, para tentar  tirar o cheiro de querosene de seu pelo.

Um dos meus Abys arrancou teclas de um notebook, que eu havia comprado fazia menos de um mês e me custou bem caro, por ser um modelo top de linha na época. Perdi a conta dos telefones sem fio que estragaram, caixas de som de PC também foram destruídas e o último prejuízo que tive foi minha geladeira,  porque andaram mexendo nos fios que ficam atrás, perto do motor, e quando fui tentar arrumar, deu um curto circuito e aquilo pegou fogo, quase me matando de susto, mas felizmente não se machucaram com a brincadeira.

Para qualquer coisa que se queira fazer com um Abissínio, como dar remédio, cortar unhas, dar banho ou limpar orelhas, é preciso um ótimo preparo físico por parte de seus humanos, porque eles são ágeis e rápidos demais, são “escorregadios” mesmo e nos “driblam” com facilidade.

Também dão trabalho quando os levamos ao veterinário. Mexem em tudo, derrubam coisas, não param quietos.

Eu sou a humana de estimação de 4 Abissínios, convivo com eles há alguns anos e se tivesse que contar tudo que aprontam, não caberia num post de blog, eu teria que escrever um livro.

Apesar de tudo, das artes, das estripulias, dos prejuízos materiais, eu amo de verdade aqueles safados, eles garantem a animação da casa. Não dá para ficar triste tendo um Aby por perto e mesmo não sendo gatos de colo, quando eles querem demonstrar que nos amam, eles sabem  muito bem como fazer isso.

Saúde e Prédisposição a Doenças


Eles costumam ser gatos saudáveis, desde que se recebam os cuidados básicos de rotina, como vermifugação e vacinação nas datas corretas, além de ração de boa qualidade.

Foto: Cleber Delázari
Sua manutenção é fácil, devido aos pelos curtos. Banhos mensais, corte de unhas e limpeza de orelhas, além de escovações semanais, são suficientes para mantê-los bem.

Em relação à doenças, Abissínios tem propensão à amiloidose  renal (a proteína amiloide se deposita nos rins, fazendo com que percam sua função), gengivite (é necessário levá-los regularmente a um vet especializado em odontologia, para tratamento periodontal), luxação de patela (problema ortopédico), além de atrofia da retina e deficiência da enzima PK, que causa um quadro bastante grave de anemia em seus exemplares, podendo levá-los à morte.

Já existem testes para verificar se o gato é portador de genes de algumas dessas doenças, mas não sei se estes testes já estão disponíveis no Brasil. De qualquer forma, é possível encaminhar material para análise em laboratórios fora do Brasil.

Vídeo sobre a raça, em inglês:
http://www.youtube.com/watch?v=D0WN895KJ_k

Mais alguns vídeos:
http://www.youtube.com/watch?v=WLuDNZbF7es&NR=1

Costumam se dar bem com outros animais:
http://www.youtube.com/watch?v=-Vb6lvYpj-Y&NR=1

Desde filhotes são danados:
http://www.youtube.com/watch?v=avOjcmWtWRo

Abissínio pescando:
http://www.youtube.com/watch?v=HPRJzqZbB4w


Abraços a todos,

Heloisa
@all_breeds



8 comentarios:

Zanarde disse...

oi
Sou sua fã já. Além do site...Adorei saber mais dessa super raça fofa...cada peripécia que vc foi narrando, fiquei com vontade de morder os seus filhinhos... Eu consegui ver cada uma das artes na minha imaginação...que lindos arteiros...
Estava muito brava com a minha gata por ter feito chantagem por causa da ração e ter urinado no tapete...mas depois de ler....só tenho vontade de morder os seus gatos e ela ainda mais....
Faça muito, muito carinho em seus bebes em meu nome. Parabens novamente...adoro quando as pessoas fazem seus textos de gatos com a experiencia. E não apenas como se fossem apenas coisas interessantes de se falar...
A Xaninha agradece, pois logo vai ser mordida aos montes...e já não a considero mais arteira...
bjsss

Madam Maxwell disse...

Hahahaha! Pelo que vc contou, Heloisa, P/ se ter um aby é melhor ter certeza q o ambiente é o + controlado possível, eles nascem com a garra conectada à tomada 220V! A gengivite deve ser pq tudo q vê quer morder ( bebezões) as lesões ortopédicas pela vida de "esportistas radicais" não me assustaria de ver um saltando de bunguee jump de tão atrevidos. Vc nos conta da estripulia de um dos seus gatos q arrancou as teclas do laptop - provavelmente ele queria aprender a ser hacker (risos) As clorações de pelagem e o modo como caminha dão um charme todo especial à raça. É um gato especial p/ pessoas ativas como ele, e que buscam um companheiro, não um grude.
Adorei o Aby!
Madam Maxwell

João Víctor disse...

Não fazia ideia que os abys era tão terroristas. Parece ser uma diversão sem fim, seguida de uma faxina sem fim!
A minha SRD é meio vaquinha, meio colorpoint, mas tb tem o pêlos "ticados" como nos abissínios, é bem interessante!

Carla disse...

Uau!!
Adorei esses gatos! Quero um prá mim!
Uma das minhas SRD escala plantas, sobe na mesa e no fogão prá roubar comida, bebe a água do meu filtro quando estou enchendo garrafas e também lava pratos. Deve ter uma patinha na Abissínia...
Só fiquei triste de pensar que nos EUA os donos abandonam esses gatos lindos para serem sacrificados.

Bea disse...

Eu sei de primeira mao de todas as safadezas dos abys, mas tambem sei bem do amor que voce tem por esses capetinhas! Acho corretissimo por parte dos craidores de avisar possiveis compradores que eles sao ultra energeticos e curiosos, afinal criador decente nao quer gatos de volta nem reembolsar o cliente ne? Nao da para ter um monte de bibelos pela casa, mas quem precisa de bibelos com gatos tao lindos para enfeitar? :)

faby disse...

Adorei saber mais sobre os abissínios,eles são muito fofos, mas não poderia ter um lá em casa, pois meus srds são muito safados e destruidores, imagina com a ajuda de um expert no assunto?! nem pensar hehhe

Laura disse...

Melhor post de todos os tempos... morri de rir com as peripécis dos seus abys...rs

Aguardo ansiosa o post sobre os siameses..rs

Beijos

Heloisa disse...

Zanarde, eu não contei nem 1/10 do que esses gatos fazem!Pra falar a verdade, eu cheguei a dizer para o lauesg que se ele quisesse poderia cortar a parte onde falo disso, achei que vcs não se interessariam em saber.
Faltou contar sobre a vez que o Willie, meu Aby macho, fechou o registro da água e eu achei que a Sabesp tinha cortado a água para manutenção! Fiquei sem fazer minha salada, passei a noite em claro, esperando a "água voltar", para poder tomar banho, até que vi o safado mexendo no registro!hahaha...Aquele gato é um bandidinho!
Obrigada mais uma vez pelo carinho e por estar sempre presente!Também sou sua fã!;)
Bjs!


Madam Maxwell, eles não pulam de bungee jump, mas num site sobre a raça, contavam a história de um aby que sumiu,sua humana ficou desesperada, o procurou em todos os lugares possíveis,até que olhou para cima e viu que ele estava pendurado no ventilador de teto!rsss...
Depois que ganhei os abys tive que aprender a dormir com um olho aberto e o outro fechado, para ficar esperta com o que aprontam.São raras as noites em que não acordo assustada com o barulho de coisas sendo atiradas no chão!
É verdade, Abys só serve para pessoas ativas como eles, quem gosta de tranquilidade pode não se dar bem com eles.
Bjs!

João Victor, eu também não sabia que eram tão danados!Só soube quando entrei no site da criadora que mencionei, mas ainda assim, eu pensei que ela estivesse exagerando, só que não estava!rss...Se sua gatinha tem pelos de cor mais clara perto da pele e mais escuros na ponta, então ela tem pelo parecido com os deles!

Carla, eu também fiquei super chateada, quando li sobre gatos saudáveis serem eutanasiados, acho isso absurdo!Independentemente de serem gatos de raça pura ou não, são seres vivos.Por isso, achei a atitude daquela criadora super correta, ao dizer tudo que esses gatos aprontam.
Bjs!

Bea, vc sabe de todas as histórias, ou pelo menos da maioria!;)
Eu faço questão de dizer mesmo como eles são,além de lembrar às pessoas de que tudo é divertidíssimo na casa dos outros, mas na nossa casa, com nosso notebook, com nossa televisão,etc, a coisa é beeem diferente!Vc me conhece e sabe que acabo achando graça, mas nem todo mundo tem um senso de humor como o meu!

faby, eu nunca tive um srd que fosse destruidor,todos que tive (e ainda tenho) sempre foram uns "lords", dormem o tempo todo, são bem mais enjoados para comer, não saem comendo o que veem pela frente, como fazem os Abys!Quando estão acordados e veem os Abys aprontando, eles olham "de cima".Acho que, se falassem, diriam para os Abys "Gentalha!Gentalha!"hehehe...
Bjs!

Laura, fico feliz que tenha gostado!Eu acho que vc vai se surpreender com algumas coisas sobre siameses!Já estou providenciando o post!
Bjs!

Postar um comentário

Olá!
Estamos muito gratos por receber seu comentário aqui no Tudo Gato!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...