29 de jan de 2013

Angorá Turco | Gatos de Raça


Você quer um gato que é elegante, mas requer poucos cuidados? Magro, mas musculoso? Independente, mas carinhoso com seu dono? Uma raça com uma história muito longa e fascinante?  Então você quer um angorá turco.


Foto: Cleber Delázari, Gatil Bungalow

É uma pena que a maioria das pessoas, incluindo os juízes, não vê o angorá em movimento. É então que aparece sua verdadeira beleza. Como um cavalo puro-sangue, ele literalmente flutua, com suas orelhas erguidas, seu corpo, finamente musculoso, seguido por uma cauda longa e ereta, como uma pluma fluindo para fora por trás dele. Impossível descrever corretamente, então procure ver um angorá em movimento para sentir tamanha emoção.

História

Angorá, é o antigo nome da capital da Turquia, hoje chamada de Ancara.
Este gato representava um presente “real” apreciado por toda aristocracia européia, principalmente na corte de Luiz XV. No século XVlll, para diferenciá-lo do gato domestico Lineu o denominou Cattus Angorensis e Buffon o descreveu como completamente branco e de pelos longos.
É muito provável que a raça seja originária das regiões montanhosas da Turquia, onde desenvolveu sua pelagem longa e macia para proteção contra os invernos rigorosos. Diz uma lenda que ela evoluiu a partir do gato Manul, um gato pequeno domesticado pelos tártaros. Esta raça pura e natural tem sua história escrita já no século 16 da França. No entanto, no início de 1900, foi utilizado indiscriminadamente em programas de melhoramento da raça Persa e praticamente desapareceu como uma raça independente. Por muitos anos, todos os gatos de pêlos longos foram chamados simplesmente de "angorá".
Felizmente para os amantes de gatos, um programa de melhoramento controlado, admirado pelo povo e pelo governo, tinha sido criado na Turquia, no zoológico de Ancara, para preservar os Angorás, considerado um tesouro vivo.
Em 1950, soldados americanos descobriram os Angorás no zoológico. Em 1962, o jardim zoológico de Ancara permitiu que o Coronel Walter Grant obtivesse um macho branco chamado Yildiz e uma fêmea chamada Yildizcek. Estes gatos tornaram se a fundação de um novo programa de melhoramento nos EUA.
Embora a primeira importação aos EUA ocorresse em 1954, somente a partir de 1960 que a raça se tornou suficientemente numerosas para buscar o reconhecimento do CFA. O Angorá Turco foi aceito para inscrição em 1968, para a competição provisória da raça em 1970, e para competição oficial em 1972.



Foto: Cleber Delázari, Gatil Bungalow
Aparência

Corpo longo, porte médio a grande, sendo as fêmeas ligeiramente menores que os machos. Sua pelagem é semilonga, de textura sedosa, preferencialmente sem subpelo. Além da cauda emplumada, o verdadeiro Turkish Angora apresenta pelos abundantes no pescoço, orelhas grandes, pontudas e com tufos nas pontas. A perfeita combinação destas características, aliada à extrema elegância e leveza de movimentos, chamam a atenção imediata daqueles que o conhece.

•    Cabeça
A cabeça é de tamanho pequeno a médio, formato triangular afinando em direção ao queixo, e em equilíbrio ao comprimento do corpo.
O focinho levemente arredondado, e comprido, é uma continuação das linhas suaves da cabeça com bochechas desenvolvidas. Queixo firme, vertical ao nariz.

•    Orelhas
As orelhas são grandes, verticais, largas na base, ereta, pontiaguda e com tufos. Elas estão próximas uma da outra, inseridas no alto da cabeça.

•    Olhos
Os olhos são grandes, em formato de amêndoa, inclinados ligeiramente para cima com uma expressão aberta. A cor dos olhos não tem nenhuma relação com a cor da pelagem e pode mudar com o passar do tempo. Cores aceitáveis incluem
Azul (de claro a intenso)
Verde (de claro a médio)
Verde-ouro (o ouro ou âmbar com um tom esverdeado),
Âmbar (do ouro ao cobre),
Odd-Eye: (olhos ímpares, ou seja,um olho azul e o outro olho verde, verde-ouro ou âmbar).

•    Pescoço
Longo e fino

•    Corpo
O Angorá tem um corpo longo e esguio, de tamanho médio, com ossos finos e musculatura firme. Os ombros são da mesma largura que as ancas, e a garupa é ligeiramente mais elevada que os ombros.
Os machos adultos pesam entre 3 e 4,5 kg As fêmeas adultas pesam 2 e 3,5 kg.

•    Membros de locomoção.
Os membros são longos e finos, com membros posteriores mais compridos que os membros anteriores, terminando patas redondas, pequenas e delicadas. Tufos entre os dedos são desejáveis.

•    Cauda
A cauda é longa ampla na base, afinando até o final, e possui aspecto de escova.


•    Pelagem
Semi longa, textura sedosa, sem sub pelos. O comprimento varia, mas a pelagem na gola e na cauda é mais comprida, e mais cheia.
Embora o branco seja a cor sólida mais conhecida e mais popular, todas as cores e padrões são aceitos, com exceção das que indicam hibridação, resultando na cor lavanda (lilás), chocolate, colorpoint, e motivo birmanes.



Foto: Cleber Delázari, Gatil Bungalow
Saúde e Predisposição a Doenças

Por ser uma raça de ocorrência natural, é muito resistente e saudável. A única doença de origem genética que é conhecida e que também só foi diagnosticada na raça é a Ataxia. Esta reflete uma condição da falta de coordenação dos movimentos, atingindo a área neuromuscular e afetando a força e o equilíbrio do filhote. Quando isto acontece, normalmente nas primeiras semanas de vida, não existe tratamento e é letal. O problema da surdez nos gatos brancos de olhos azuis ou ODD, também ocorre na raça, mas é um problema que ocorre com gatos brancos de um modo geral e independe da raça. Vale ressaltar que nem todo gato branco é surdo e que através de acasalamentos criteriosos, este problema pode ser evitado. Foram relatados alguns casos de Cardiomiopatia Hipertrófica Felina (HCM), mas num percentual baixo e ainda não preocupante.

•    Parasitas
O Angorá turco, assim como qualquer outra raça, pode ser afetado por diferentes tipos de parasitas internos. Infestações de parasitas externos, como pulgas e ácaros de ouvido.

•    Bola de pelo
Pode ocorrer quando um gato engole o pelo preso em sua língua, enquanto se lambe. No estômago, o muco é misturado com o cabelo, para formar uma bola, que, em seguida, o gato expele pela boca. Raramente, uma bola de pelo se prende aos intestinos onde pode causar um problema de saúde sério. Escovar regularmente diminui a formação da bola de pelos. Alimentos especiais e petiscos também estão disponíveis para minimizar este problema.

•    Infecções do Trato Urinário
Estas são causadas por infecção e alimentos de baixa qualidade. Os sintomas são urinar em áreas incomuns, presença de sangue na urina e forte odor na urina. Esta condição é tratável com medicamentos de prescrição veterinária.

•    Vírus
Os três vírus mais comuns são o da leucemia felina (VLF), o da peritonite infecciosa felina (PIF), e o da imunodeficiência felina e (FIV).

•    Diabetes
Muitas vezes causada por obesidade, pode ser evitada, oferecendo ao animal com uma dieta adequada e exercícios físicos regulares. Uma vez diagnosticada, a diabetes felina é tratável, embora não curável, com medicamentos e suplementos alimentares.

•    Incompatibilidade sanguínea.
O Angorá Turco tem um problema de incompatibilidade sanguínea. Existem linhagens com tipos sanguíneos A e B, o que é um problema somente se você pretende ser criador, ou se o seu angorá precisa de uma transfusão de sangue. O sangue tipo B geralmente é extremamente raro na população de gatos domésticos; pesquisadores estimam que menos de um por cento dos gatos domésticos têm sangue tipo B. No entanto, algumas linhagens puras têm porcentagens mais elevadas de sangue tipo B por causa da linhagem e o angorá turco pode ter até 46 por cento do sangue tipo B, de acordo com a Universidade da Pensilvânia.
Fêmeas com sangue tipo B, quando cruzam com machos com sangue tipo A, podem produzir gatinhos com sangue tipo A, que nascem aparentemente saudáveis, mas, em seguida, definham rapidamente e morrem de 24 a 72 horas após o nascimento.
 Isto é por vezes chamado de "síndrome do desvanecimento", e é devido aos anticorpos que gatos com sangue tipo B produzem e atacam o tipo A. Os anticorpos são passados para os gatinhos, possivelmente no colostro.
 Felizmente, a Dra. Leslie Lyons na Universidade da Califórnia, desenvolveu um teste para o grupo sanguíneo B e os gatos podem ser testados em uma idade precoce, podendo assim, selecionar os animais para procriar.


OBS: Antes de decidir comprar um gatinho, os compradores devem discutir problemas de saúde com o criador. Eles também devem se certificar de que o criador inclui uma garantia de saúde por escrito com a compra.


Foto: Cleber Delázari, Gatil Bungalow

Cuidados

Por ter uma pelagem semi longa e de textura sedosa, não requer cuidados especiais, muitas vezes uma escovação semanal é o suficiente. Os banhos devem ser dados de acordo com a necessidade e usando produtos específicos, pois a manutenção da pelagem depende diretamente do ambiente em que o gato vive. A limpeza dos ouvidos pode ser feita a cada 15 dias e/ou quando se fizer necessária e o corte de unhas a cada 10 dias.

Comportamento/Temperamento
Muito afetuoso e apegado ao dono, dócil, inteligente e extremamente brincalhão. Adora ser acariciado e ficar no colo. Os meus exemplares, quando estão no colo, parecem "bonecas-de-pano", pois se desmancham ao receber carinhos, além de ronronarem muito. Convive bem com cães, gatos e outros animais, mas desde que a apresentação seja feita de maneira progressiva e sem traumas. Adapta-se bem a am¬¬bientes fechados (internos), o que considero o ideal. Com estranhos, comporta-se de forma natural, interagindo com os mesmos em alguns minutos. Costuma eleger o dono, mas convive muito bem com todas as pessoas da casa. Ele também costuma seguir seu dono pela casa, e está sempre pronto para brincadeiras ou receber carinho. Portanto, é um gato que exige atenção de seu dono, sendo ideal para pessoas que dispõem de tempo livre para isto e que gostem também de gatos com grau de atividade elevado.
O quanto miam: O Turkish Angora não mia muito, porém costuma emitir alguns miados ou diferentes sons para chamar a atenção do dono e/ou manifestar seu desejo.
Obdiência: Costumam obedecer determinados comandos.


Notas

Nota: Apesar de todas as qualidades de um gato de raça, um vira latinha apresenta milhões de qualidades, que o farão tão ou mais especial que qualquer gato de raça pura.

Nota: Pense sempre em adotar um gatinho. Não existe um ato de amor tão especial, quanto à adoção.
Seja adulto ou filhote, não compre, adote.•.

Peço que, por favor, após a leitura do artigo, curtam esta matéria no facebook, no twriter e no google, ajudando o blog crescer, e estar cada vez melhor.

Médico Veterinário Marcelo Samegima Aleixo.
Tel. (13)34668585 (Consultório Dogvila)
http://www.facebook.com/profile.php?id=100000623329523
e mail e MSN: msaleixo@hotmail.com


Nota da equipe do Tudo Gato
PARABÉNS ao Dr. Marcelo, que deve estar se tornando papai neste momento! Felicidades à toda família!



6 comentarios:

Hugo Ferreira disse...

Alguem de Portugal tem um gato Angora Turco macho para acaslar com a minha femea?

Acho estes gatos muito bunitos e por isso nao queria perder a especie...

Obridado,

Nelson Ribeiro disse...

Boa noite Hugo. Conheço a unica criadora em Portugal apesar de estar Registada nos EUA. Chamasse Isabel Jordão Lisboa vive em Leiria.

Nelson Ribeiro disse...

Boa noite Hugo. Conheço a unica criadora em Portugal apesar de estar Registada nos EUA. Chamasse Isabel Jordão Lisboa vive em Leiria.

Unknown disse...

Minha filha adotou um gatinho há dois anos atrás e percebemos que apesar de vira-lata ele tinha personalidade e genética do Angorá Turco,infelizmente morreu acidentado na qual foi traumatizante para minha filha e para nós que amávamos de paixão ,sua personalidade jamais será apagada de nossas memórias ele nos proporcionou muita alegria ,seu companheirismo é saudade para minha filha que até fez uma tatuagem em sua homenagem para jamais apagá-lo de sua memória o Instagram dele feito por ela ainda pode ser visitado :Kenzo Gato para quem tiver curiosidade .....esses bichinhos são mesmo muito especiais❤️

Nilyan Brandao disse...

Retificando o Instagram :Kenzo_the cat

Sila Distakii disse...

tenho um achei na rua abandonado estado precario, isso tem uns 8 meses mais hoje ele seencontre muito bem, se alguém pudesse me ajudar em relação a alimentação deles fico agradecido meu email: charada608@gmail.com

Postar um comentário

Olá!
Estamos muito gratos por receber seu comentário aqui no Tudo Gato!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...