Corpo estranho linear


Todas as vezes que passamos 3 minutos com filhotes de gatos, nos pegamos brincando com os dedos, fios, novelos, e tudo mais que pode ser uma “presa” em potencial para o pequeno felino. Os filhotes de gatos são simplesmente fissurados em fios, eles se preparam, esperam seu alvo parar de se mover e atacam.

foto: giane portal / fofurasfelinas

Acontece que filhote de gato, como filhote de qualquer outra espécie, coloca tudo na boca e, acidentalmente, pode ingerir os brinquedos. Os brinquedos que os gatos ingerem com maior frequência são os lineares (linhas, fios, fio dental, agulhas), o que se dá o nome de CORPO ESTRANHO LINEAR. Os gatos raramente ingerem outros corpos estranhos pela seletividade dos alimentos inerente à espécie.

Apesar do exemplo citado ser em filhotes, essa patologia pode ocorrer em gatos de qualquer idade e não há predisposição racial ou de sexo, isso quer dizer, seja raça pura ou mestiça, macho ou fêmea, nenhum gato resiste a um fio se mexendo.

Quando o gato acaba engolindo o fio, este pode se fixar no caminho e causar uma obstrução no trato gastrintestinal (TGI). O corpo estranho pode estar obstruindo desde a cavidade oral até a porção final do intestino. Os sintomas mais comuns são falta de apetite, dificuldade de deglutição, vômito, regurgitação, inquietação e apatia.

foto: giane portal / fofurasfelinas
Na consulta é importante dar todas as informações importantes como o histórico alimentar, de vermifugação, de outras doenças, dos hábitos de brincadeira e dos materiais disponíveis pela casa que o animal teria acesso, a evolução da doença atual, quando começou, como começou, quais eram os sintomas, etc. O veterinário vai examinar o animal minuciosamente, avaliando a cavidade oral (um local muito comum de fixação do corpo estranho), fará a palpação e, muitas vezes, terá que lançar mão de exames de imagem, que incluem ultrassonografia, radiografia simples e/ou contrastada e endoscopia.

Corpos estranhos lineares em gatos são considerados emergências gastrintestinais, pois além da obstrução também haverá inflamação local, supercrescimento bacteriano na porção anterior à obstrução e há a possibilidade de perfuração do TGI com inflamação da cavidade abdominal.

Quando o corpo estranho ficou preso na base da língua, o clínico pode optar por cortar e fazer o acompanhamento clínico e de exames de imagem da saída deste corpo estranho, entretanto essa conduta é perigosa. Não se deve tentar puxar a extremidade livre na boca ou no ânus para não lesionar o TGI.

A intervenção cirúrgica se faz necessária em 90% dos casos, sendo realizada no esôfago, estômago ou intestino, a depender da localização do corpo estranho. A depender da gravidade das lesões pode ser necessária a realização de mais de uma cirurgia.  Os cuidados pós-operatórios vão envolver uso de antibiótico, dieta especial, suplementação, repouso e muitos agradecimentos a São Francisco de Assis pela recuperação do gatinho (ou outro santo que o seu gato seja devoto).

Portanto gente, não adianta, os gatos sempre serão como são, cabe a nós levarmos ao veterinário ao primeiro sinal de doença, contar toda a história necessária e optar por comprar brinquedos próprios para gatos, e seguros.

Até mais pessoal!


Alice Ribeiro
diarioveterinaria.blogspot.com
www.formspring.me/alicevet
twitter: @alicevet



12 comentarios:

Danielle disse...

Um dos meus gatos teve... Ele abria a lata de lixo da cozinha (descobri e troquei o modelo depois disso) e roubou uma fita de presente... Ficou 15 dias internado, operou, teve pneumotórax, quase morreu! eu quase morri junto, né?! Cheia de culpa... Mas eles são terríveis! não podemos dar mole 1 segundo!

gatatuca disse...

É verdade, Danielle, não podemos dar mole. Meu gato Teo (que hoje tem 15 anos) engoliu quase um metro de fio de lã do tricô da minha mãe quando tinha por volta de dois anos de idade. Apresentou todos os sintomas descritos aqui, mas o vet não tinha como dar certeza do diagnóstico porque a linha não aparecia em nenhum exame (Rx contrastado, ultrassom) - apenas víamos no Rx que havia uma interrupção do contraste no intestino. Pela intuição do vet autorizei a cirurgia e quando ele abriu a linha tinha ficado presa em uma parte do intestino, enquanto o movimento intestinal tentava expulsá-la. Resultado: a linha cortou dois pontos do intestino e uma parte do órgão teve de ser removida. Graças à Deus e o vet o gato ficou ótimo e está ótimo até hoje! Mas nunca mais descuidei com fios de qualquer espécie, pois também quase morri junto com o Teo!! Beijos!

Repositório disse...

O Bartolomeu comeu um plástico comprido e fino. Tirou do lixo seco. Resultado: veterinária... não foi preciso operar mas poderia ter enrolado no intestino. Desde lá eu cuido, mas de vez em quando flagro o bobão atacando as cerdas da vassoura.... vê se pode!

Milene Widholzer disse...

São como crianças pequenas, tudo o que veem é brinquedo. Cabe a nós eixarmos o espaço livre de objetos que ofereçam perigo em potencial. Depois que li o relato de uma blogueira sobre a saga que foi diagnosticar e operar sua gatinha por causa de um fio de linha de costura que ela havia engolido, fiquei ainda mais alerta para isso.
Ótima postagem, bjs

Lívia Fernanda (I/O Gatos) disse...

Tem que tomar muito cuidado com linhas. Se for uma linha de anzol, por exemplo, pode se espalhar ao longo do aparelho digestivo e causar cortes na mucosa, ocasionando lesões gravíssimas e porta de entrada para peritonites, podendo levar até a morte! Outro dia cheguei em meu apartamento e vi a Ágatha filhote com um barbante de crochê n. 8 pendurado pelo ânus. Eu tinha feito um ratinho de croche com um rabo, que ela acabou arrancando e comendo, e resultou nisso. Mas felizmente ela não teve nada grave, o barbante já estava bem na ponta, já saíndo. Mas nem preciso dizer que nunca mais deixei nada como barbantes e linhas para nenhum outro gato, pois fiquei morrendo de medo de acontecer algum acidente!

Anônimo disse...

ola,boa tarde!tenho duas gatinhas q amam comer o q nao devem... a mais nova ama vassoura de piaçava e por isso todas as vassouras da casa ficam de ponta cabeça. a mais velha gosta de comer o suvaco das camisas, tanto q outro dia a encontrei vomitando paetes de uma blusa novinha q ela conseguiu puxar do cabide. tento nao deixar nada ao alcance e nao posso descuidar nem um minuto. elas nunca precisaram ir ao veterinario por esse motivo. otimo post. obrigada por compartilharem conosco. um abraço. Sabrina Abreu.

Marcelo Samegima disse...

Muito bom o Post, com varias informações e orientações.Cada dia mais orgulhoso de fazer parte deste time vencedor. Parabéns Alice.


Mônica disse...

Meu gato atrapalha minha higiene bucal!!!
Explico: ele não pode me ver passar fio dental, fica louco.
Não costumo me trancar no banheiro pra escovar dentes, lavar mão, pois ele é muito xereta e vive me seguindo, qnd ele vê o fio dental só falta arrancar da minha boca. :)
Claro q eu não deixo ele brincar, termino o serviço correndo e lixeira com tampa q ele não abre.

Luza disse...

Eu acabo de perdeu meu gato Mingau em consequência de ter engolido uma linha e outras coisa, na segunda começou os vomitos que ficaram frequentes e não se alimentava e nem bebia agua ,o levei no veterinario q o medicou como sendo uma gastrite e na quarta feira ele vomitou com cheiro de fezes...liguei para o veterinario e só então ele pediu uma ultra que mostrou o problema e com isso partiu para a cirurgia, mas devido o esforço de 3 dias vomitando o intestino ficou todo roxo e umas horas depois da cirurgia ele teve parada cardiaca ,devido ao vomito q teve na hora da cirurgia e veio a falecer ...estou muito triste pq ele era tudo pra mim , eu o cuidei com todo carinho e não tive esse cuidado com coisas estranhas que ele ingeriu, enfim perdi meu companheiro que só tinha 1 ano e 5 meses.

Anônimo disse...

Tenho um siamês que ontem, a noite, teve a proeza de comer um pedaço de fita dental. Estou desesperado porque isso pode causar algum problema intestinal nele. Ele já tem o estômago delicado. Nossa, estou esperando ele fazer cocô desde ontem pra ver o que vai dar. Espero que Deus o abençoe, ele é meu companheiro e amigo de 7 anos. O nome dele é Dengoso! Estou triste!

Camila Aragão disse...

meu gatinho engoliu um pedaço de plastic de janjuba ele estava so vomitando e depois ele colocou pra fora

Karina Muller disse...

Oi gente. Tô em desespero aqui em casa. Minha gatinha, Stella, vomitou uns dois dias atrás, mas achei que fosse porque comeu demais (ela sempre faz isso). Hoje, após ela fazer coco, percebi um fio fora do bumbum dela. Fui olhar de perto e puxei um pouco, não acabava nunca. Cortei o fio e deixei bem rente pra ela não puxar e machucar. Estou esperando ela fazer coco dejovo pra ver se vai sair o restante. Tô torcendo pra isso, pois são quase 4h da manhã e aqui onde moro não tem Vet 24h. Só amanhã às 9h. Se até lá, ela não soltar esse barbante, vamos pro Vet. Mas se os deuses quiserem, não vai ser necessário e ela vai expelir sozinha.

Postar um comentário

Olá!
Estamos muito gratos por receber seu comentário aqui no Tudo Gato!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...