Foto: http://www.indianspirits.de/rassen_americancurl_al.htm
Milagres acontecem. E um dos mais bonitos e originais para o mundo dos felinos foi o presente da mãe natureza, em 1981, o surgimento do American Curl.

Gozando de adornos na cabeça que poderiam facilmente ser criados por um designer de chapéus de luxo, um par de orelhas lindas curvadas para trás, oferecendo uma expressão de alegria, causando um grande sorriso a pessoas que tem o prazer de olhar para eles.

Um presente divino para sua anatomia, suas orelhas podem ser comparadas aos de um lince com tufos longos voltados para fora, acentuando seu olhar sofisticado e carismático.

Enquanto você esta fazendo o jantar, a maioria dos gatos vai se sentar no sofá e esperar; já o American Curl, ira com todo prazer te ajudar a preparar a janta.


Origem.

A historia do American Curl começou em um dia quente e ensolarado, em Lakewood, Califórnia, EUA em 1981.

Joe Ruga, ao chegar a casa após um dia de trabalho, comentou com sua esposa Grace Ruga: Você viu aqueles gatinhos em frente de casa? Grace disse não ter visto, e assim que Joe foi tomar banho, ela saiu, e recolheu os gatinhos para alimentá-los. Eram duas fêmeas, posteriormente batizadas de Sulamita e Panda, e para sua surpresa, ambas possuíam as orelhas curvadas para trás.

Após duas semanas, apesar de todos os cuidados, Panda desapareceu.

Como resultado de um artigo sobre Scootich Fold publicado em um jornal local, a criadora, e juíza da CFA Jean Grimm ,foi contatada, para ajudar na formação desta nova raça.

Com o conhecimento de Jean, e a força de vontade do casal Ruga, houve a primeira apresentação de um American Curl ao publico, em uma apresentação do CFA, em Palm Springs, Califórnia, EUA, em 23 de outubro de 1983.

Após um estudo minucioso na gatinha Sulamita, uma revisão de padrões, e várias representações no The book of the cat, foi elaborado o primeiro padrão de raça para o American Curl.

Dois geneticistas, Solveig Pflueger e Roy Robinson, foram contatados para estudar esta nova raça, descobrindo ser um gene dominante o causador das orelhas curvas, sem nenhum problema de saúde ligado a ele.

A primeira criação ocorreu em 1984, gerando o primeiro homozigoto, chamado Playit, um macho, branco e preto.

Em 1986, os primeiros American Curl foram aceitos e registrados na CFA.

Em sua custa historia, tornaram se muito apreciados internacionalmente, tendo seguidores na Europa, Austrália, Japão, e EUA.



Foto: http://www.art.com/products/p10316860609-sa-i5939650/american-curl.htm
Aparência

Corpo de tamanho médio, formato retangular, pouca quantidade de subpêlo, pelagem curta ou longa, de cores variadas, rabo com pelagem exuberante, cabeça arredondada, olhos grandes em formato de nozes.

Quando nascem, suas orelhas são retas e os gatinhos parecem a Noviça Voadora, mas dentro de dois a sete dias após o nascimento, suas orelhas começam a enrolar para trás, como uma pétala de rosa até chegar a sua forma final em cerca de dezesseis semanas. O grau da curva da orelha pode variar muito desde quase em linha reta para um arco de 90-180 graus.

Diferentemente das orelhas de outros felinos, que são macios e flexíveis, a cartilagem contida nas orelhas do American Curl é firme, similar ao ouvido humano. Esta cartilagem deve estar presente a partir da base da orelha, pelo menos, um terço de altura e mais comumente, pode ir até dois terços de altura, com o restante da orelha flexível.


Saúde e Predisposição a Doenças

Um gato com saúde excelente, e sem nenhuma predisposição a doenças.


Cuidados

• Limpeza semanal nos ouvidos, usando sempre um produto próprio para essa finalidade, que se encontra em pet shops. Coloque o gel para limpeza, e depois de 20 minutos limpe com auxilio de um algodão, ate que ele saia sem sujeira aderida.
• Animais com pelos curtos, uma escovação semanal.
• Animais com pelos longos, duas escovações semanais;
• Manter vacinação e vermifugação em dia, e seguir demais orientações de um médico veterinário, fazendo uma visita a cada 6 meses no mínimo.


Comportamento/Temperamento

Foto: http://therealowner.com/cats/a-unique-breed-american-curl-cats-are-so-cute/
É companheiro, curioso, exuberantes, amoroso, procurando todos os dias novos desafios e aventuras. Eles são excessivamente devotos aos seus donos e para obter a sua atenção com eles, querem incluí-lo em todas as suas atividades. Eles querem estar com você o tempo todo dormindo em sua cama, ou enrolado no seu colo para assistir seu programa de TV favorito. Eles adoram crianças e se adaptam bem a outros animais de estimação e a novas situações. Quando chegam a sua nova casa, eles estão atentos e curiosos, mas respeitando os ocupantes anteriores. Estes companheiros de temperamento inteligentes são dedicados aos seus donos e irão sempre segui-los, de modo a ter certeza que eles são parte de tudo. Esperam ajudar em todos os seus projetos. Eles têm o miado com baixo volume.

Sua personalidade infantil, lhe rendeu o apelido de Peter Pan dos gatos.

A personalidade é verdadeiramente única. Pode descobrir com grande determinação como entrar no chuveiro com você; pode assumir seu lugar na frente de um programa de TV; podem estar batendo em seus óculos enquanto você tenta ler o jornal.

Os American Curl´s são conhecidos pela saudação, onde batem levemente suas cabeças na cabeça de seus donos. Uma noite, enquanto o proprietário estava dormindo, sentiu uma luz batendo em sua testa e abriu os olhos para ver os olhos de Zachary, um macho de três anos, em grande proximidade. Zachary tinha decidido bater levemente sua cabeça em seu dono. Ele, então, observado pelo proprietário, foi dormir satisfeito pela atenção recebida.



Nota1: Apesar de todas as qualidades de um gato de raça, um vira latinha apresenta milhões de qualidades, que o farão tão ou mais especial que qualquer gato de raça pura.

Nota2: Pense sempre em adotar um gatinho. Não existe um ato de amor tão especial, quanto à adoção.

Seja adulto ou filhote, não compre, adote.


MV Marcelo Samegima Aleixo
http://www.facebook.com/profile.php?id=100000623329523
e mail e MSN: msaleixo@hotmail.com



7 comentarios:

Zanarde disse...

Acho que esses gatos são únicos mesmo... acho lindas as orelhinhas... as vezes eu viro a orelha da minha gata delicadamente. como ela tb tem os tufinhos nas orelhas, tenho uma gatinha parecida com eles...
hehe, esse post está de parabéns. Muito detalhado e interessante.
bjs

Marcelo Samegima disse...

Muito obrigado pelos elogios ao post.....

João Víctor disse...

É o gato favorito dos lutadores de MMA!

Wladimir disse...

Ola boa tarde,

Voce tem algum post que fale de inclusão de um gato filhote no ambiente onde ja tenha um adulto? Estou com problemas com relação a isso.


abraço

Marcelo Samegima disse...

Procure aqui:
http://www.tudogato.com/search/label/Comportamento

proteção animal disse...

Todos são lindos demais, o importante é saber lidar com todos, pois eles precisam muito da gente.

Anônimo disse...

Marcelo, sabe me dizer se essa raça tolera bem estar sozinho por um periodo de 9h diárias(período de trabalho)? Gostei muito do que li, porém fico na dúvida quanto a deixar um gato com tanta energia só por um longo tempo.
Abraço,

Renato

Postar um comentário

Olá!
Estamos muito gratos por receber seu comentário aqui no Tudo Gato!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...