Gato - Manual do Proprietário (David Brunner e Sam Stall)

Sinopse: "Gato, Manual do Proprietário" é um guia que ensina de maneira prática e divertida como ajudar os donos de felinos a cuidar do bichinho de estimação que acabaram de comprar, ganhar ou que, em alguns casos, já é membro da família. Em 11 seções, os veterinários David Brunner e Sam Stall ensinam como preparar a casa para a chegada do gato, como brincar, alimentar, enfim, como conviver com o animal. Para facilitar a leitura, e o trabalho dos donos, não é necessário ler o manual inteiro, do início ao fim. Basta ter uma pergunta a fazer ou um problema a resolver que a resposta vai estar no guia, em um dos capítulos.
O livro apresenta ao leitor tudo que é preciso saber para escolher a raça ideal para o estilo de vida do proprietário. Explica a melhor maneira de apresentar o gato à sua nova morada, assim como às pessoas e a outros animais com quem eventualmente passará a conviver. Abrange questões de manutenção de rotina e sobre comportamento dos gatos, linguagem corporal e brincadeiras preferidas. Apresenta uma visão geral dos comportamentos instintivos e das habilidades que podem ser adquiridas com a interferência do proprietário e com o treinamento adequado.

__

Eu já li vários livros que trazem ensinamentos e dicas sobre os nossos amigos felinos, mas até hoje o mais bacana, completo e de fácil leitura foi este!

Com o subtítulo Instruções e conselhos para solução de problemas e manutenção permanente, o livro traz dicas de como cuidar bem do seu “exemplar felino”, como se fosse um manual de instruções de um eletrodoméstico, por exemplo.

Entretanto, não há motivos para nós, gateiros, ficarmos ofendidos, pois tudo é feito de uma maneira muito bacana e divertida, fazendo a leitura ser, além de muito instrutiva e interessante, prazerosa!

Em 11 seções, os veterinários David Brunner e Sam Stall ensinam como preparar a casa para a chegada do gato, como brincar, alimentar, enfim, como conviver com o animal.

É muito simples de achar respostas pra qualquer dúvida que você tenha no trato com seus gatinhos, sem contar as ilustrações super bacanas que tem no livro e os títulos divertidíssimos, como Visão Geral de Formas e Modelos, Cuidados de Instalação e Instalação Básica.

Dá uma olhada neste trecho do livro:


"O gato: diagrama e lista de peças
Todos os gatos estão aparelhados com as mesmas peças originais de fábrica e com idênticas capacidades. Se faltar em seu bichano uma ou mais peças ou sistemas aqui descritos, entre imediatamente em contato com o veterinário.


Cabeça
Olhos: cada modelo contém dois. As íris dos felinos formam uma ranhura vertical bem distinta em vez do círculo comum à maior parte dos mamíferos. O aparelho visual é protegido por uma 'terceira pálpebra', que se desdobra do canto interior de cada órbita.
Orelhas: todos os modelos têm duas. A parte externa das orelhas dos gatos pode fazer uma rotação de 180 graus, o que lhes permite 'rastrear' os sons mais sutis do ambiente e localizá-los com grande precisão.
Nariz: o sentido do olfato dos felinos supera o dos seres humanos, embora seja inferior ao dos cães. O nariz de um filhote recém-nascido já possui sintonia tão fina que ele consegue distinguir pelo faro cada mamilo da mãe.
Língua: as centenas de filamentos finíssimos que cobrem a língua dos felinos são úteis para inúmeras tarefas, inclusive para retirar a carne dos ossos de suas presas, para lavar e pentear a pelagem, para secar pêlos molhados e até para atuar no sistema de controle da temperatura corporal (os gatos liberam o excesso de calor quando ofegam mantendo a boca aberta, pois isso permite a evaporação da saliva). Eles bebem água formando uma depressão na parte frontal da língua e usando essa 'concavidade' para conduzir o líquido até o interior da boca.
Dentes: os felinos não mastigam seus alimentos, eles os retalham. Os gatos domésticos adultos são equipados com trinta dentes, todos aptos para cortar a carne em pedaços. Os bichanos usam suas grandes 'presas', ou caninos, para quebrar o pescoço de suas vítimas. No caso dos felinos domésticos, esses dentes têm o espaçamento ideal para 'despachar' camundongos.
Bigodes: agrupados em conjuntos de doze em cada lado do focinho, esses pêlos espessos, profundamente arraigados, atuam como sensores de alta precisão. Entre outras coisas, são capazes de perceber mudanças da direção dos ventos e detectar movimentos próximos em locais quase totalmente escuros. Os bigodes também ajudam o gato a decidir se pode ou não passar através de espaços muito estreitos (eles têm, de modo geral, a mesma dimensão do corpo no ponto mais largo a menos que o gato esteja obeso ou se trate de uma fêmea no período final de gravidez). Durante a caça, o felino consegue projetar os bigodes para a frente e 'farejar' melhor sua presa.
* CUIDADO: nunca corte os bigodes de seu gato, pois isso o impedirá de fazer as coisas que acabamos de descrever (assim como outras tarefas de rotina necessárias a seu conforto e sua sobrevivência). Além do mais, os bigodes são extremamente sensíveis, e o ato de cortá-los causará muita dor ao pobre felino.


Corpo
Pelagem: há três tipos de pêlo no corpo da maior parte dos gatos - pêlos resistentes, que formam uma camada externa protetora, e outra camada, interna, que combina fios eriçados por cima e fios mais macios por baixo. Algumas raças de felinos nem sempre apresentam os três tipos. Os gatos persas, por exemplo, possuem poucos fios eriçados (ou nenhum), enquanto a raça esfinge, quase sem pelagem, tem número muito reduzido dos pêlos macios que compõem a camada interna.
Saída de dejetos: os produtos da excreção dos felinos são extremamente ricos em nitrogênio - tão ricos que podem 'queimar' a vegetação, causando os mesmos efeitos do excesso de fertilizantes.
Órgãos genitais: as fêmeas atingem a maturidade sexual entre 7 e 12 meses de vida. Os machos a alcançam entre 10 e 14 meses. A cabeça do pênis dos machos é coberta de saliências, como pequenos espinhos, que estimulam a ovulação durante o acasalamento.
Patas: os gatos andam na ponta dos 'dedos'. A estrutura de suas patas lhes permite atingir a velocidade de 50 quilômetros por hora. Eles podem ter, como os seres humanos, maior 'domínio' sobre uma das patas dianteiras, o que os torna destros ou canhotos. Cerca de 40% deles são canhotos, 20% são destros e 40% ambidestros.
Garras: cada pata está equipada com um conjunto de garras que servem para escalar, lutar e imobilizar as presas. As garras se retraem quando não são usadas, e essa condição é exclusiva dos felinos.
Cauda: utilizada para expressar o estado de espírito e o humor dos gatos e também como auxiliar da manutenção de seu equilíbrio durante as escaladas, a cauda contêm entre catorze e 28 vértebras.
Mamilos: tanto os machos quanto as fêmeas apresentam um conjunto dessas 'saídas de alimento', que, naturalmente, permanecem inativas nos machos.
Peso: um gato doméstico adulto pesa normalmente de 3 a 5,5 quilos (veja o tópico 'Como pesar um gato', no capítulo 5).
Altura: ao contrário dos cães domésticos, os gatos apresentam grande similaridade de tamanho. Um gato saudável mede cerca de 30 centímetros até a altura dos ombros."

Bacana, né? De uma forma diferente, o livro ensina e dá várias dicas para quem já tem gatos e quer sempre aprender mais sobre eles (como eu...rs) ou para quem acaba ou pretende adotar um! Sem dúvidas, não pode faltar na estante de um gateiro!!

Laura
www.gatosnabiblioteca.blogspot.com
@GatosBiblioteca



5 comentarios:

Saninha disse...

Muito legal essa indicação...gostei muito...a gente nunca sabe tudo e ter onde recorrer para ter uma ajudinha é ótimo...Parabéns Laura!!!

Zanarde disse...

Gostei muito da dica, eu tenho outro manual, mas não é tão divertido assim.
Será que eles ensinam como ler no monitor enquanto o seu gato toma banho na sua frente??? Eu queria saber, pois a minha fez isso agora.... Estou escrevendo e não vejo nada...
Continue trazendo essas dicas...
bjsss

Laura disse...

Que bom que vocês gostaram! Mês que vem tem mais! rs

beijos!

Madam Maxwell disse...

Hahahaha! A linguagem do texto, em formato de manual de carro deixa tudo bem engraçado. Bela indicação!

disse...

Nossa muito boa a dica mesmo...corri numa livraria e tratei de pegar o meu...afinal tava necessitando de um manual pra lidar com o meu exemplar...hehehehe

Postar um comentário

Olá!
Estamos muito gratos por receber seu comentário aqui no Tudo Gato!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...