A adoção de animais tem sido mais e mais difundida no mundo dos amantes de animais. Aqui na minha cidade, Ilhéus, o Centro de Controle de Zoonoses é uma instituição nova, existe há menos de 5 anos. Com excecão dos cães muito doentes, que são eutanasiados na sua grande maioria, os outros geralmente são adotados. Entretanto, essa não é uma realidade para os gatos. Adoção de gatos é mais rara. Para cada 20 cães que são adotados, apenas um gato encontra o lar.

Deixando as preferências de lado, criar gatos ainda é mais fácil do que criar cães. Muitas pessoas adotam animais que interajam ao máximo com a família, como um ser humano, mas se não entender o comportamento felino, não há como saber o quanto eles interagem conosco. Nesse artigo eu vou deixar algumas dicas sobre o ponto de partida após a adoção.

LEVE AO VETERINÁRIO:

Adotou um animal, leve ao veterinário. O balconista do petshop sabe indicar o que você precisa, ou o que ele precisa vender, mas o veterinário quem vai dizer o que o ANIMAL precisa.

No veterinário o gatinho será examinado quanto à presença de sintomas de doenças comuns em filhotes, e até mesmo as antropozoonoses (doenças transmitidas de animais para seres humanos e vice-versa).

Quando eu recebo um gatinho recém adotado eu faço alguns exames:

Exame de fezes para elaboração do protocolo de vermifugação.

Exame do pêlo caso eu veja “pontinhos pretos” no mesmo, em busca de Lynxacarus radovskyi (http://www.editora.ufrrj.br/rcv2/rcv22n1/57-60.pdf) que é bastante comum em filhotes.

Exame de citologia de secreção auricular em busca de Otodectes cynotis (http://www.bayerpet.com.br/parasitas_gatos/acaros_ciclo.aspx?especie=2&ciclo=1)

Vermifugação:

Os filhotes devem ser vermifugados sempre. A transmissão dos vermes (nematódeos e cestódeos)se dá via transplacentária,via oro-fecal e pelo leite materno. Mesmo vermifugando uma vez, esse procedimento deve ser repetido devido ao comportamento do infante. Esse comportamento desbravador faz com que o mesmo coloque TUDO na boca, inclusive suas próprias fezes. A vermifugação pode ser iniciada aos 15 dias.

A maioria dos vermífugos é de amplo espectro. Entretanto é importante que na primeira visita seja realizado um exame de fezes no filhote, pois o protocolo pode variar a depender do verme presente. Os vermífugos mais comuns são efetivos contra vermes adultos e larvas, não agindo nos ovos. Portanto a vermifugação deve ser repetida após 15 dias, pois o que era ovo na primeira vermifugação já terá eclodido e virado larva.

Vale lembrar que o alguns desses vermes podem causar doenças em seres humanos que entram em contato com as fezes, como é o caso da larva migrans (bicho geográfico).

Vacinação:

O filhote de gato vai ser vacinado com a vacina múltipla aos 60 dias de vida. Até essa idade o gatinho está protegido pela imunidade materna conferida no colostro. A vacina deve ser repetida aos 90 dias. A vacina anti-rábica deve ser realizada aos 120 dias (4 meses). Durante a vacinação o veterinário examina o animal e assim pode identificar algum sintoma de doenças que ele pode estar desenvolvendo. Não deve ser realizada vacinação em animais que apresentam sintoma de alguma doença. Somente animais saudáveis devem ser vacinados. A vacina é um desafio ao sistema imune para produzir anticorpos contra determinadas doenças.

Se o sistema imune do animal está combatendo alguma outra doença, apenas parte dele
responderá à vacina e não será conferida a proteção esperada.

Caixa de areia: 

A caixa de areia deve ser colocada em um ambiente que o gato não se sinta ameaçado, portanto nada de colocar do lado do canil do cachorro. Enquanto está urinando ou defecando, o gato está no seu momento de ‘nobreza’ e deve se sentir à vontade. Imagine você, no banheiro, e preocupado se alguém vai entrar e interrompê-lo. Você faz tudo às pressas, deixando o zíper aberto e papel higiênico colado no salto do sapato. Agora, imagine se todas as visitas ao sanitário fossem assim? Pois é. Outro ponto que deve ser considerado é que a caixa de areia deve ter o comprimento duas vezes o tamanho do gato. O gato faz suas necessidades, dá a volta, enterra. Ele precisa de espaço para fazer isso. Não economize no tamanho da caixa de areia, afinal, ninguém gosta de fazer suas necessidades em banheiro de
avião. Agora, o mais importante, mantenha a caixa de areia limpa. As razões são óbvias.

Ter uma caixinha minúscula, ao lado do comedouro de dois poodles, imunda é a mesma coisa de você fazer suas necessidades no banheiro de um avião, com fezes no sanitário, a descarga quebrada, a fechadura quebrada e várias pessoas na fila para entrar a qualquer momento, pense nisso.

Alimentação:

Por fim, o último ponto abordado no básico necessário após a adoção é a alimentação. Deve ser dada alimentação de filhotes até um ano de idade. Evite rações vendidas à granel, dê preferência às rações super premium. Não dê em hipótese alguma carne, ou frango, crua ou mal passada para gatos. A toxoplasmose é transmitida através do consumo dos cistos presentes na carne contaminada. Mesmo a carne fiscalizada não está 100% livre da contaminação pelo cisto da toxoplasmose. A melhor forma de prevenir é evitar carne crua ou mal passada.

Dê uma alimentação de qualidade para seu gato. Vou exemplificar o que eu sempre passo para meus clientes com a ração Premier Ambientes Internos para gatos filhotes, entretanto pode ser qualquer ração super premium para filhotes. A média de preço da embalagem de 400g é R$18,00. Então o cliente já assusta: Nossa, mais de 36,00 reais um quilo de ração, mais caro que carne de primeira.

Mas vamos calcular: um gatinho de 3 meses, pesando 2 kg come 85 gramas por dia. Uma caixa de 400g vai durar quase 7 dias. O valor por dia gasto com a alimentação do gatinho será R$3,82 com uma ração super premium... quando você gasta por refeição no self-service?

Menino ou menina?

Uma dúvida que a maioria das pessoas tem é acerca do sexo do gatinho. Confesso que eu também tenho essa dúvida e a melhor forma de descobrir é tendo uma ninhada onde você pode comparar o machinho com a feminha. O macho possui o seu órgão genital mais afastado do ânus, e a sua forma é como se fosse um pontinho. Então, se você segurar o macho de costas e levantar o rabo, você verá um pontinho (o ânus) e abaixo outro pontinho (o pênis). Já na fêmea, a vulva é mais próxima do ânus, o que serve de comparação, e o seu formato é uma vírgula. Então, se você segura a fêmea na mesma posição verá um pontinho (o ânus) e uma vírgula (a vulva). Então macho (:) e fêmea (;)

As fotos a seguir foram tiradas de um casal de uma ninhada de 2 dias, lá na clínica.

É isso aí, gente. Começar a criar gatos é fácil. Vamos diminuir essa estatística de adoção, tornando um gato adotado para cada cão. O dono de gato precisa saber de muitas outras coisas, mas o básico abordado já é um bom começo!


Alice Albuquerque
diarioveterinaria.blogspot.com
twitter @alicevet



16 comentarios:

Fificat © disse...

Muito boa a matéria, em relação ao sexo dos gatinhos, nunca tive dificuldades em saber quem é quem, quando a Mila teve sua ninhada a um ano atrás, eu fui a parteira e já sabia quando eles nasceram quem era quem... hehe

Etti e Dani disse...

Muito boa a dica sobre o sexo; a minha Penélope virou Adriano e a minha Olga virou Hugo uns meses depois da adoção!!!
Vou ver se da próxima acerto, mas amo meus gurizinhos!!!

Cacau Jafet disse...

Adorei a materia!!!!!!
bjosss

Lucas Marques disse...

gostei ... to lendo sempre o site agora pois eu irei adotar um gato(a) daqui a pouco tempo.... devem nascer no final de dezembro/começo de janeiro ... to muito empolgado pois nunca tive gato e sempre tive vontade ...
agradeço o site tem me tirado muitas duvidas
beijos

Suzan Afonso disse...

hehehehehe

adorei a materia! Extremamente util!

Mas poxa... tinha que colocar essas imagens "eróticas" XD hehehehe eu não resisti e cai na risada aqui!

Abraços!

Suzan.

Saninha disse...

Adorei TODAS as informações...cada hora aprendo mais e mais...acho que vou ficar expert em gatos rsrs isso com a ajuda do TG...
Como fã do site e das colunas posso dizer mais uma vez ARRASOU =)

Bea disse...

OTIMA a comparacao da caixinha de areia com banheiro humano!

Gisele Oliveira. disse...

Muito boa a matéria! Realmente, confirmo a todos que gato é bem mais fácil de criar que cachorro, eles te exigem menos tempo e te dão o mesmo carinho. E uma coisa que observo, é que a maioria das pessoas que rejeitam gatos, é pq nunca criaram um. Então, pessoas, Adotem! Felinos tb são tudo de bom! Tenho 04. rssss.

Alice no País das Maravilhas disse...

Fitcat, você é uma das raras pessoas que não tem dificuldade em reconhecer o sexo do gatinhos, ehehe.
Etti e Dani, nesses dias chegaram duas gatinhas, Susie e Sofia, e saíram da consulta como "machinho sem nome 01" e "machinho sem nome 02" ehhe
Cacau Jafet, obrigada, bjss
Lucas, boa sorte nessa nova empreitada, garanto que não vai se arrepender. Bjs

Alice no País das Maravilhas disse...

Suzan, ehehe não há como explicar sem imagens eróticas. Em cães é mais fácil. Aliás, certa vez eu atendi uma cadela cujo histórico era que ela tinha um abscesso na barriga que drenava o tempo todo. Durante a consulta eu expliquei pra dona que o "abscesso" era um pênis e a "secreção" era urina... pobrezinho, usou fralda 3 meses por causa do "abscesso".. bj
Saninha, você está sempre por aqui né?? Obrigada, bjs
Bea, o objetivo é criar a empatia com o animal, e se colocar no lugar dele. Muita gente não faz isso, é por isso que temos tantos problemas comportamentais, sem contar maus tratos. Bjs
Gisele, muita gente cresce com o 'trauma' da mãe "meu filho não pode com gato, é alérgico". 90% das crianças q eu conheço fizeram nebulização alguma vez na vida e os médicos atribuem à alergia a pêlo de animais. Sabe, na real, criança é um filhote e de filhote eu entendo, todos eles estão amadurecendo o sistema imune. Antes de condenar uma pessoa a nunca poder chegar perto de pêlos, deixa crescer. Bom, é a opinião de uma réles veterinária.

Obrigada pelos comentários, um feliz natal a todos vocês. Bjos

Anônimo disse...

oi gente gostei muito deste blog
qeria qe vcs dessem uma olhada no meu:
http://cuidadosanimal.blogspot.com
obrigada!!
nao esqueçam se gostarem dele e so seguir

Anônimo disse...

essa foto tá fácil demais! esse machinho tem até baguinho já, kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

eu mesma disse...

Alice,

Eu achei que já tinha comentado.. adoreeiii a matéria! Acabo de adotar duas gatinhas que viraram dois meninos! rsrs

É muito tirar as dúvidas logo de cara quando temos que adotar!

Obrigada!

Anônimo disse...

Parabéns adorei o seu blog!

Anônimo disse...

Parabéns!! Sou apaixonada por animais, tenho uma gata que eu adotei que eu amo demais. Ela está castrada mas tá entrando no cio eu sofro junto com ela durante o cio. Vou tentar a técnica do cotonete...

Tatiana Lara disse...

Ola, dra Alice, adotei um gatinho, porem estamos meio traumatizados, pois em menos de 4 meses perdemos dois gatinho qurbadotamos anteriormente, todos os dois por "trela", por serem danadinhos. Um deles comeu linha e demoramos mais de 40dias pra conseguir identificar a causa, ai ele ja tinha 15 perfuraçoes no intestino!
Fizemos tudo o que tinha de exames de sangue...pra Fiv, felv, pif, hemograma, todos os bioquimicos...e soderam alterados.os bastonetes e o indice do figado, que começamos o tratamento pro figado e nada deu certo, sobdepois descobrimos corpo linear.
Desta vez quero antecipar qualquer diagnostico para nao sofrermos, o que vc sugere? Que exames fazer?
Ela ja tomou a primeira dose de vermifogo, pois esta bem barrigudinha.e tem aproximadamente 40 dias, 550 gramas e nao apresenta sintomas de gripe nem sarna auricular.

Agradeço desde ja,
Tatiana

Postar um comentário

Olá!
Estamos muito gratos por receber seu comentário aqui no Tudo Gato!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...