Literatura

Bom dia!

Aderindo a sugestões, entram nos posts do Tudo Gato dicas de literatura onde os gatos têm influência ou papéis principais!

A primeira sugestão é um grande clássico dos contos de fada, O Gato de Botas. Claro que todos já conhecem e até leram na infância, mas com outros olhos, ao invés de ver apenas o gatinho com botas espertalhão, podemos dar uma atenção especial à imagem que o escritor quis transmitir dos felinos.

Em "O Gato de Botas" o filho mais novo de um moleiro só recebe um gato de herança quando seu pai morre e seus irmãos herdam bens maiores.
O gato porém é muito astuto e procura ajudar seu dono pretendendo dar-lhe uma boa vida junto a "nobreza real". Faz isso com uma bela campanha de divulgação ao rei, contando-lhe as excelentes virtudes de seu dono, o Marquês de Carabás.

Podemos observar que não é só um animal que quer bem ao dono, mas sim um GATO que quer bem ao dono, ou seja, se o dono tem uma boa vida, obviamente que ele também terá.
O melhor de tudo isso é que o autor juntou o melhor das duas situações: o conforto que os felinos tanto gostam fundido ao amor que sentem por nós.

Numa análise ainda mais profunda, percebemos que a oferta do pai ao filho mais novo foi justamente a parte da herança que traria mais frutos. O que nos remete ao fato de ser o filho mais novo o menos preparado para enfrentar sozinho os obstáculos da vida, achando então o pai que essa fração "melhor" da herança devesse cair nas graças dele.

Isso pode nos ensinar o valor de um animal, sobretudo os gatos, que têm o dom de nos fazer refletir sobre as coisas da vida, nossas atitudes, valores e, de quebra, ainda nos trazem muitas alegrias e momentos de descontração.

Creio que o detalhe da história que as pessoas não refletem muito são as BOTAS! Que gato nesse mundo usaria BOTAS?! Rsrs... É claro que existe um porquê disso também, mas essa vou deixar aberta para que cada um tire suas conclusões, divertidas ou reflexivas!

Boa leitura!


Abraços!
Lauesg



6 comentarios:

Ana, Aprendiz de Anjo disse...

Acho que esse foi o primeiro livro que li sozinha, tinha então seis aninhos e tinha sido alfabetizada por meus irmãos mais velhos. Lembro-me que o livro em questão havia sido comprado em uma banca de jornal, na volta do médico e também que tinha gravuras lindissimas. Beijos

Nice disse...

Lauseg,
que legal recordar esse livro...li faz tanto tempo. Quando vi seu post lembrei automaticamente do gatinho do Shrek...hehehehe...
Um beijão!

Lauesg disse...

Ana: Fiquei muito feliz em trazer uma boa recordação dessas! Lembro do meu pai lendo isso pra mim antes mesmo de eu aprender a ler!

Nice: Rsrs... Verdade. Até pensei em colocar a imagem dele, mas quis passar a imagem mais antiga dele, mais próximo aos livros, justamente por termos mesmo essa referência digital mais atual na cabeça! rs... Que bom que gostaram!

Abraços!

Teodoro disse...

Boa lembrança! Tinha escrito sobre isto quando mami me contou que lançariam o filme do Gato de Botas (http://otaodoteo.blogspot.com/search/label/Gato%20de%20Botas). Mas acho que a história reflete como nós, felinos, somos astutos!

Lauesg disse...

Teodoro: Vi seu post lá! BEM LEGAL!!! Não sabia que teria um filme exclusivo do gato de botas! Obrigado pela notícia! :^D

Abraços!

Sima disse...

Oi!!
Gostaria de saber sobre as botas! Amei sua observação sobre a história do gato de Botas!!

Postar um comentário

Olá!
Estamos muito gratos por receber seu comentário aqui no Tudo Gato!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...