Se não tiver "areia" ele tentará com outra coisa! hehehe...

Abraços!
Lauesg



14 comentarios:

Thaís disse...

hahaha é verdade!
outro dia minha gata desfez um maço de jornal para cobrir o cocô dela :)

Dee disse...

Então...minha gatinha Latifa, chegou em casa a pouco tempo de um lar temporário e lá a caixa de areia ficava no banheiro...advinha onde a danada insiste em fazer cocô na minha casa.

Exatamente, mas a caixa de areia está na área de serviço. E o pior é que ela enterra assim mesmo. ó céus!

Cristi@ne disse...

kkk...isso é verdade... o meu geralmente qdo não tinha terra, fazia encima dos tapetes e já viu...cobria o cocô com eles...kkkkk
ótima ilustração!

Michelle disse...

Adorei todas suas ilustrações!!!
Seu talento é lindo!
E o senso de humor também demais, adorei, rsrsrs

Joe disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
= Tudo Gato = disse...

Thaís, rsrs... pois é... É bem assim mesmo! hehehe...

Dee, Putz! Faz parte! Dê uma lida no livro "PsicoGato". Creio que encontrará em PDF na net! Te ajudará a corrigir isso!

Cristi@ne, CARAMBA! Eu ainda não tive esse tipo de problema, mas já presenciei! rs. Deve ser horrível (mas engraçado rsrs).

Michelle, Quem bom!!! Fico MUITO feliz em saber! Volte sempre!

Abraços galera!
Lauesg

Anônimo disse...

Adorei teu blog! Cheguei aqui pela indicação do blog Mãe de cachorro, e como mãe de gato que também sou, adorei!! Esta série "gato que é gato" é ótima e seus desenhos são perfeitos!! Parabéns!
Abraço!
Livia

Márcia disse...

LAuesg, essa tirinha me lembrou o meu gatinho Theo, que Deus o tenha... :( Um dia cheguei em casa e ele estava escondido no armário. Na epoca morava num ap microscopico, que naquela noite estava TODINHO fedido de coco de gato! O coitadinho era peludo.. fez um coco q ficou preso no pelinho... tentando se livrar, ele se esfregou pelo edredon, pelo piso.. até, q, constrangido, se escondeu no meu roupeiro! Ele, q odiava tomar banho, nessa noite nao só aceitou o banho pacificamente, como se roçava em ronronava durante o banho, como quem agradece algo muito bom! :)Era um gato muito especial o Theo...

Anônimo disse...

Olá, tenho um jardim na frente de minha casa onde o gato da vizinha vem fazer coco. Não quero essa situação. Como fazer para que ele não faça isso no meu jardim? Tem algum produto que possa utilizar?
Me ajudem!
Desesperado

Lauesg disse...

Livia e Márcia, Muito obrigado pelos comentários! De coração! :^)

Anônimo, Olha... Situação complicada viu... Eu também não gostaria de uma coisa dessas. Amo gatos, mas buscaria também uma forma de não pertubarem meu jardim.
Quem está errada é a vizinha, que deveria manter o gato dela dentro de casa. Ao contrário do que as pessoas pensam, gatos NÃO precisam sair pra passear na rua.
Não conheço algum produto que possa resolver isso. O que poderia fazer é arrumar uma forma de ASSUSTAR o bichano quando ele chegasse perto, ou algo que caísse e fizesse barulho para que ele saísse correndo quando chegasse perto.
Uma outra solução é colocar algo no chão ou no muro que grude (uma fita adesiva forte talvez) nas patas do gato. Eles ODEIAM coisas grudando nas patas. Isso pode funcionar. O problema é que sua área deve ser grande para usar algo assim.
Fora isso eu não saberia mais o que dizer. O ideal mesmo seria que a dona mantivesse o gato dentro de casa. É menos risco do animal ser atropelado, pegar doenças ou alguém fazer algo de ruim propositalmente.
Mas tente a solução do barulho! Algo que faça um barulhão sem machugar o bichinho, claro. Se ele se deparar sempre com isso não voltará mais. Mas seja persistente. Ele precisará ver que o barulho estará SEMPRE lá. Quando ver que ele não voltou mais volte à vida normal! rs.
Se nada disso funcionar a conversa deverá mesmo ser com a vizinha. Pois as fezes do gato de rua podem até trazer alguma doença.
Espero que ajude!

Abraços!
Lauesg - Tudo Gato

Marilia disse...

Pois é... as pessoas criam gatos e não assumem um lado importante que é o cuidado para que eles não saiam. O comodismo de não precisar limpar o cocõ coloca a vida e a saúde deles em risco. No momento eu tenho 4 gatos, já tive 6 e outros em outras épocas. Infelizmente perdí a mais velha de 16 anos há um ano, e um de 5 anos que teve uma doença renal que não conseguimos estabilizar. Ele teve uma crise aguda e mesmo com todo o tratamento acabou partindo também.

Bem, voltando: meus gatos não saem de casa nunca. Tenho a casa toda telada e banheiros com areia sanitária que são devidamente limpos todos os dias. Eles pegam sol pelas janelas teladas. Até a veterinária vem em casa quando necessário. Só saio com eles em casos extremos em que precisam de alguma coisa da clínica, que não pode ser feita em casa de jeito nenhum, e em caixas de transporte. Atualmente tenho em casa 6 caixas, para qualquer necessidade, apesar de pouco usá-las.

Resumindo: quem assume a criação de um ser vivo tem que estar preparado para as consequências que isso traz. As mais simples são a alimentação, o cocô e o xixi que são responsabilidades do dono e não dos vizinhos.

Abraços!

Flávia Duque Estrada disse...

Gatos enterram suas necessidades fisiologicas.....mas o q dizer de uma gata q nao consegue fazer isso?
Tenho duas gatas.....uma delas enterra direitinho, alias perfeccionista, fica cobrindo, cobrindo ate nao sentir um cheirinho sequer....e qdo acaba vem me avisar....e eu tenho q falar:"ja vou" senao ela continua miando....
A outra é otima..faz mas nao consegue cobrir com a areia...ela nao toca na areia....ela faz o movimento pelos lados da caixa, mas nao encosta na areia.....eu acho q ela tem nojo da areia...rsrs
Acaba q a outra gata, qdo percebe vai la e cobre as necessidades da outra....
Elas sao demais....
Abracos

Anônimo disse...

Plantei umas alface em uma parte do meu terreno e depois observei que havia enterrado coco de gatos... isso contamina a alface??? será que posso continuar plantando?/

ninnae disse...

Um dia, cheguei em casa, abri a porta olhei no chão e achei estranho... Vi 2 tufos bem grandes de pêlos.... Olho para a direita no corredor... e puf.. surpresa.... uma enorme cagada líquida... Minha gatinha havia feito diarreia no corredor... enfim... O rabinho dela estava todo sujinho... Fui no quarto... e descobri duas pingas de sangue. Somei dois mais dois e: O gato branco do vizinho esteve aqui!!!!
Conclusão: os dois gatos brigaram, e minha gatinha havia-se borrado de medo!!!
Bolas... ja nunca mais posso deixar a porta que dá para o quintal (que é daquelas janelas grandes de correr) entreaberta (so estava uns 5 cms aberta!!), para deixar entrar ar...já que o gato do vizinho sabe abri-la....
Enfim... limpei tudo... e siga a vida...
Dois dias depois... entro em casa e.... pffff! cheira mesmo mal... Busco em toda a casa.. e auch! desta vez foi no meu quarto!!!! (o cheiro levou dias para sumir de vez - o quarto é interior). Mas como??? Se deixei a janela do quintal fechada? pois... mas tinha deixado a mini-janela do banheiro com uma frinchinha mei aberta (mais uma vez era uma janela de correr) e não é que o danado do gato branco, saltou (um metro e meio de altura), abriu a janela e invadiu a minha casa de novo????
Coitadinha da minha gatinha... borrou-se de medo de novo, e ficou bem sujinha dessa vez (gastei toneladas de papel de cozinha limpando ela).
E depois... claro... tive que aprender (às custas de umas arranhadelas) como dar banho em gatos...

Postar um comentário

Olá!
Estamos muito gratos por receber seu comentário aqui no Tudo Gato!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...