Quem, afinal de contas, não se preocupa com seu bichano? Suas necessidades e cuidados especiais de acordo com cada idade?

Este post é para falar um pouquinho sobre isso. A idade em que ele está vivendo e suas necessidades.

Gatos jovens - até 3 anos

Nessa idade seu gatinho é um filhote brincalhão, ativo e curioso. Forneça sempre brinquedos e bolinhas para que ele "descarregue" as energias.

Leve-o ao veterinário periodicamente para tomar as vacinas e tenha muita paciência, afinal, esse é o tempo de educá-lo e ensinar tudo ao seu gatinho.

Lembre-se que educar não é bater, ensine-o com comandos, a palavra NÃO, quando dita com voz firme costuma ter efeito, lógico que como qualquer criança, é necessário insistência e paciência, mas tenha certeza que seu gatinho é capaz de aprender.

Cuidado com materiais de limpeza e medicamentos, deixe fora de alcance para evitar acidentes. Providencie um arranhador para o "bebêchano", já que eles adoram brincar com suas garras e evitará danos aos móveis.

Escolha sempre uma raça que se adapte a você e seu cotidiano. Leia sobre ela antes de adquirir um gatinho, já que o comportamento varia de acordo com a raça também. Mas se você gosta das surpresas de um "vira-latinha" também são uma ótima escolha! Serão sempre muito gratos e amorosos com você.

Gatos adultos - 4 a 9 anos

Gatos são bastante curiosos e, nesta fase, estão no auge dessa curiosidade e maturidade física e sexual. Proteja sempre seu bichinho evitando acidentes. Telas de proteção em apartamentos ou casas ajudam a evitar que fujam, pulem ou se machuquem.

Brinquedos e banho devem ser dados desde filhotes.

Se seu gato ainda não é castrado, pense nisso. A castração oferece muitos benefícios tanto ao animal quanto ao dono que terá menos preocupação com possíveis doenças e verá que o comportamento do seu bichinho mudará pra melhor.

Gatos idosos - acima de 10 anos

Leve-o ao veterinário anualmente, agora, além das vacinas, ele fará exames para prevenir possíveis doenças.

Compre ração própria para gato idoso, devido a obesidade, queda de cálcio, dentição e nutrição, seu gatinho exigirá uma ração mais balanceada para continuar com uma vida saudável.

Estimule-o a fazer exercícios sempre respeitando seus limites, já que nessa fase, os gatos ficam mais parados.

Diferente do cão, o gato não apresenta em geral, perda de visão e surdez na velhice, o que acontece no geral é a perda de agilidade.

Nessa época o que ele quer é sossego, lugar quente e calmo para que possa descansar, relaxar e dormir "muuuuiiiiito".

Cuide do seu "senhorzinho", dê muito carinho e atenção, afinal, é no fim da vida que precisamos mais ainda de amor.



É claro que esses são cuidados básicos. Há muitas outras formas de entreter e cuidar de seu gatinho. Procure saber mais consultando seu veterinário de confiança! :^D



Espero que tenham gostado!

Abraços
Silesgalha



12 comentarios:

Mara Sop disse...

Adorei a materia. Principalmente pq muita gente ainda acha que gato é igual em qq idade. Acho que esse tipo de materia ajuda muito a esclarecer pequenas duvidas que a maioria das pessoas nem sequer lembra que tem.

=^.^=

SONIA MENEZES disse...

Tenho uma gatinha siamesa de 2 anos, aproximadamente (adotamos ela quando tinha 4 meses e estava perdida na rua.) Chama-se Yasmin e é muito obediente, carinhosa e companheira. É o xodó de minha casa e não me imagino vivendo sem ela ..rsrs.
Afaguinhos e cheirinhos a todos gatinhos do mundo!

Gata Lili disse...

Parabéns pelo post! Muito esclarecedor!

Atelier TQ disse...

Muito importante esses esclarecimentos. Eu sou gateira de carteirinha. Leio muito a respeito dos felinos. Tenho um livro que mostra a tabela postada por vc antes.
Aqui em casa são 4 felinas e uma que peguei abandonada na frente de minha casa a uns 15 dias, pior que estar gravida.
Parabéns mais uma vez.
Adorei as ilustrações.
Abraços
Raquel César

Repositório disse...

Muito bom!!!!!
Repassei e disse que era aqui do Tudo Gato!
Amei!

Ramon e Renata disse...

Adoreeiiiii! Tbm repassei a todos os meu amigos e conhecidos!

Teodoro disse...

Eu tenho só dois aninhos, ou seja, muita energia!

Paty disse...

Muito interessante, adorei ^^

••• Alessandra Beatriz ••• disse...

Olá,

acabo de conhecer o blog e já achei demais. Estou procurando orientações, pois quero ir viajar no fim de ano e estou preocupada com minha felina, já que pretendemos ficar 2 semanas fora. Levar eu acho que seria inviável...são 1300 km até Florianópolis. Então pensei em pagar alguém para cuidar da Beiju em casa, mas penso que ela pode se sentir muito só, pois a pessoa viria apenas 1 vez ao dia...será que deixo em casa ou levo para um hotelzinho? Já tiveram experiências assim? Por favor, me ajudem.

Abraços,
Alessandra
ale_beatriz@yahoo.com.br

Nacida Libre disse...

Vengo mansa y cariñosa a anunciarte que tienes dos hermosos premios esperándote en mi blog, en la entrada: “Y POR HOY ME DESPIDO CON UNA ALEGRÍA Y UNA SORPRESA DE FELIZ DOMINGO”… ¡¡¡ENHORABUENA Y GRACIAS POR TODO!!!

Faça Seu Pet Book disse...

Este foi o site mais importante que já acompanhei sobre gatos. Obrigada pelos posts.

Alice no País das Maravilhas disse...

Olá,
muito interessante o post. Na realidade esses bichanos não dão muito trabalho, eh importante sempre prestar atenção no comportamento habitual em qualquer idade porque uma mudança do mesmo pode indicar que algo não vai bem
Parabéns.

Postar um comentário

Olá!
Estamos muito gratos por receber seu comentário aqui no Tudo Gato!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...